Consultor Jurídico

Notícias

Nova gestão

Rodrigo Baptista Pacheco comandará Defensoria Pública do Rio de Janeiro

A nomeação de Rodrigo Baptista Pacheco como defensor público-geral do Rio de Janeiro foi publicada nesta terça-feira (1/1) no Diário Oficial do estado. Eleito para um mandato de dois anos à frente da Defensoria Pública fluminense, o defensor teve o nome confirmado para o cargo pelo governador do estado, Wilson Witzel (PSC). A posse de Pacheco será na próxima segunda-feira (7/1), na sede da instituição.

Pacheco tem 40 anos e é defensor público há 16. Ele foi eleito para comandar a DP-RJ, no biênio 2019/2020, por 552 dos 886 votos válidos registrados no pleito promovido com os membros da Defensoria no último dia 9 de novembro. Pacheco, que foi segundo subdefensor público-geral na gestão passada, assume o lugar deixado por André Castro, que chefiou a instituição por dois mandatos consecutivos – de 2015 a 2018.

O novo defensor público-geral formou-se pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e, antes de passar no concurso para a classe inicial da carreira da Defensoria Pública em 2002, foi estagiário do Núcleo do Sistema Penitenciário da DP-RJ. Ele é titular da 16ª Vara Criminal da capital e já passou por órgãos de atuação no norte e no sul fluminense, assim como em cidades da Baixada Fluminense.

Rodrigo Pacheco foi diretor de Assuntos Institucionais da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Rio de Janeiro no biênio 2004/2005. Ele voltou à associação como vice-presidente no biênio 2008/2009. Em 2013, foi eleito membro classista do Conselho Superior da Defensoria Pública e, de 2015 a 2018, ocupou o cargo de 2º subdefensor público-geral do Estado do Rio de Janeiro. Com informações da Assessoria de Imprensa da DP-RJ.

Revista Consultor Jurídico, 1 de janeiro de 2019, 14h30

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 09/01/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.