Consultor Jurídico

Notícias

Críticas a Lula

TJ-SP mantém trancado inquérito contra site O Antagonista por difamação

Por 

A reunião de jornalistas para publicar notícias não pode ser considerada associação criminosa por essas publicações ofenderem uma figura pública. Esse foi o entendimento da 4ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo ao manter trancado inquérito aberto contra o site O Antagonista e sua controladora, a consultoria Empiricus, por associação criminosa. O ex-presidente Lula acusa a publicação de cometer crimes contra sua honra.

O trancamento havia sido determinado em primeira instância pela juíza Eliane Cassales Tosi, do foro central criminal da Barra Funda. Ela atendeu a pedido dos donos do site, que argumentaram sofrer constrangimento ilegal com a instauração do inquérito que consideram abusivo.

Para o relator do caso no TJ, desembargador Camilo Léllis, o artigo 88 da Constituição garante o livre exercício da profissão jornalística, possibilitando a livre expressão e manifestação de pensamento, o que não excluiria as críticas a figuras públicas como o ex-presidente.

O reexame do caso em segunda instância foi interposto pela própria magistrada de origem por exigência do artigo 574, inciso I do Código de Processo Penal na parte que trata de habeas corpus.  

Processo 1000684-25.2018.8.26.0050

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 20 de fevereiro de 2019, 18h21

Comentários de leitores

2 comentários

Uma coisa e outra coisa...

GTMR (Funcionário público)

SIM, fazem um jornalismo opnativo muito bom!

Uma coisa e outra coisa...

José R (Advogado Autônomo)

Mas, o que fazem os ANTA GONISTAS é, por acaso, jornalismo?
Tenha paciência!

Comentários encerrados em 28/02/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.