Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Reflexões necessárias nesta província "brasilis"

Silvana Ribeiro (Contabilista)

Excelente reflexão para este domingo professor. O pensamento ora externado no presente artigo merece ampla propagação em virtude dos “tempos estranhos” que estamos vivenciando. O medo, a indiferença para com o outro e somando-se a isso o egoísmo, está tornando o ser humano um ser irracional. A sociedade para transpor esta intempérie terá que usar o que é do ser humano por direito natural, a razão (luz), pois só a racionalidade pode dissipar as trevas reinantes nestes tempos sombrios.

Incompleto!

Antonio da Silva (Servidor)

Concordo com acsgomes, ao dizer que não há uma só proposta do autor para melhorar, realmente, a justiça criminal. Isso faz com que o artigo fique incompleto e nós sabemos que o autor pode oferecer mais... tomara que suas propostas venham à baila no próximo artigo!

Análise

O IDEÓLOGO (Cartorário)

"Paralelamente a isso, a sociedade passou a vivenciar uma crise de segurança mais aguda, que juntamente com a crise financeira tornou a vida da classe média, aqui chamada de B, bem mais difícil. Isto é um dado relevante porque ela é formadora de opinião por si só, e por arrasto das classes C e D. A classe média juntou-se às classes menos favorecidas ou excluídas na convivência diuturna com o desemprego, as agressões à integridade física e o medo. A violência fugiu da periferia e também invadiu os quintais do centro, ameaçando a classe mais abastada: a elite econômica. A violência das favelas dos altiplanos desceu para o asfalto com mais desenvoltura e os delitos que faziam parte da realidade periférica agora ameaçam cada vez mais o centro. Esse conjunto de fatores modifica o modo de viver da elite e da classe média, que passa a conviver com o medo e a incerteza, como em poucos momentos históricos. Com o medo vem a necessidade de encontrar um culpado ou vários responsáveis".

A precisão analítica é digna de elogios.

Só isso?

acsgomes (Outros)

É só isso? Cadê as propostas? Criticar é fácil, quero ver as propostas concretas (e não genericas) para diminuir a criminalidade no Brasil.

Comentar

Comentários encerrados em 25/02/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.