Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Ops

Manente (Advogado Autônomo)

Ademais, não é somente ver o lado do empresário. É dever do Poder público e das empresas prestadoras do serviço de transporte público respeitar e assegurar qualidade e eficiência aos consumidores/passageiros.

Cadê a qualidade na prestação dos serviços públicos?

Manente (Advogado Autônomo)

Coitada da população, que paga caro pelo serviço de péssima qualidade e ineficiente.
Ademais, não é somente ver o lado do empresário e o do consumidor/passageiro.
Infelizmente, com certeza o TJSP irá suspender a cassação.
A ineficiência, o descaso, a falta de comprometimento e de qualidade no transporte coletivo de São Paulo é fruto das péssimas gestões do PSDB = PT.

Muito confortável para o judiciário

FAB OLIVER (Médico)

É muito confortável suspender o aumento e sair bonito da foto para a massa.

Difícil é compreender que além de direitos, há obrigações também.

Me pergunto, o que leva uma pessoa a ser empresária no brasil. Se você não é banco ou construtora, de todos os lados vai vir pancada. Do povo (cheio de direitos e de poucas obrigações) e do estado, quer pelo executivo, pelo judiciário ou pela ameba legislativa.

A realidade parece ser outra

J. Ribeiro (Advogado Autônomo - Empresarial)

A decisão se traduz numa interferência injustificada do judiciário na gestão municipal.
Os problemas sociais (queima de veículos/onibus, etc), de segurança, gastos c/ seguro, ruas e asfaltados irregulares, etc, que o Estado deveria assegurar e conservar, vividos no período passado recente e que ainda persistem, certamente causam desequilíbrios contratual. Preço controlado pelo poder público tem causado muitos dessabores e crimes de toda ordem.
Se fosse estudado a possibilidade da liberação da atividade de transporte público, com acirramento da concorrência, o preço poderia melhor refletir a realidade da atividade (por certo a extorsão/corrupção poderia ser reduzida).

Comentar

Comentários encerrados em 22/02/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.