Consultor Jurídico

Notícias

Danos morais

TJ-GO confirma prescrição de ação de Marconi Perillo contra Lula

Por 

A Justiça de Goiás encerrou uma ação do ex-governador Marconi Perillo contra o ex-presidente Lula por prescrição. O autor da ação alegou ter sido perseguido e prejudicado, e queria que o petista o indenizasse.

A desembargadora Maria das Graças de Carneiro Requi afirmou que os três anos que Perillo tinha para buscar uma possível reparação já haviam passado. Ela ressaltou que esse prazo começa a partir do momento em que a pessoa toma completo conhecimento da suposta lesão. 

Perillo afirma ter ficado sabendo que Lula o teria perseguido e prejudicado por meio da delação do ex-senador Delcídio do Amaral, que ocorreu em março de 2016. Mas a desembargadora afirma que, pelas provas do processo, é possível ver que ele já pensava que isso estava ocorrendo desde 2012. 

"Foram publicadas várias reportagens datadas no ano de 2012 que demonstram o conhecimento do apelante quanto aos atos perpetrados pelo apelado. Além do que, pelas suas próprias declarações evidencia-se que desde então referidas condutas geravam sentimento de desconforto e repulsa no recorrente", disse a desembargadora.

Clique aqui para ler a decisão 

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 13 de fevereiro de 2019, 14h06

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/02/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.