Consultor Jurídico

Notícias

Ato de clemência

Publicado decreto de indulto humanitário a presos com doença grave

Comentários de leitores

4 comentários

Cavalo de Tróia

J. Cordeiro (Advogado Autônomo - Civil)

Às favas essa de "humanitarismo" dos novos mandatários, ao mandar o candidato a defunto para casa. Na verdade o que esse governo está promovendo é um botafora aos presos indesejáveis. Essa de mandar os précadáver para o "conforto dos seus" é uma forma eufemística de livrar-se do incômodo de tratar o necessitado. Ao "novo" sistema fica mais fácil confinar o desgraçado no seu deplorável "lar" que dar-lhe tratamento digno, com assistência dos familiares. Isto nada mais é que presente de grego...

anticristo é proteger bandido

analucia (Bacharel - Família)

Bandido nao é vítima da sociedade

Restaurou

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

O atual governo restaurou a finalidade do decreto, qual seja, a ação humanitária, afastando as ações clientelistas onde se elaborava o decreto de acordo com o cliente preso. É o que a sociedade deseja.

Dignidade

Professor Edson (Professor)

Isso sim é um ato digno de aplausos, um ato moderado, pensado e responsável, diferente dos primitivos alienados da esquerda que acham correto conceder indulto para corrupto, o presidente fez o correto, confesso que nunca gostei do Bolsonaro e seu clã, mas olha, está me surpreendendo positivamente.

Comentar

Comentários encerrados em 19/02/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.