Consultor Jurídico

Notícias

Digitalização e interiorização

TJ-MG reduz acervo de processos em 200 mil em 2019

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais conseguiu reduzir, entre 2018 e 2019, o estoque de processos de 5,8 milhões para 5,6 milhões, conforme anunciou o presidente do tribunal, desembargador Nelson Missias de Morais.

A digitalização caminhou ainda mais rápido: partindo de apenas 150 mil processos eletrônicos, o TJ-MG já atingiu a cifra de 2,6 milhões.

Os dados foram anunciados pelo presidente na última sessão do Órgão Especial do TJ, realizada na última quarta-feira (18/12).

O presidente também chamou atenção para o processo de interiorização do programa Pontualidade. A iniciativa permitiu que fossem prolatadas quase 6.500 sentenças em novembro, só no interior do estado, sem considerar os números da capital.

"Para encerrar o ano com uma situação um pouco mais amenizadora, fizemos uma interiorização no Pontualidade. E só nessa interiorização conseguimos prolatar quase 6.500 sentenças no mês de novembro, ou seja, estamos reduzindo significativamente o acervo. A jurisdição está no radar do dia-a-dia", afirmou Morais.

Revista Consultor Jurídico, 27 de dezembro de 2019, 12h26

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 04/01/2020.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.