Consultor Jurídico

Comentários de leitores

8 comentários

Verdade e lucidez na análise de fernando h. Lacerda

Auta Gagliardi Madeira (Advogado Autônomo - Civil)

A precisão (quase "cirúrgica") na análise do Prof. Fernando Lacerda lança luz sobre a terrível situação em que se encontram os militantes da advocacia, principalmente, aos que labutam na área do processo penal. É preciso um mínimo de empatia para reconhecer todo o cenário verdadeiro e sofrido revelado no artigo - é uma inversão de valores!
A VAZA A JATO foi o evento mais importante ocorrido nos últimos tempos, NECESSÁRIO E REVELADOR DA VERDADE, para que viessem à tona fatos imorais e criminosos, independentemente de terem sido as msg obtidas de maneira ilícita. O que se faz necessário e urgente é corrigir que fatos nefastos como esses sejam PREVENIDOS para não serem REPETIDOS e os OCORRIDOS SEJAM PUNIDOS.
Quanto às msg terem sido "manipuladas," não me consta que qualquer delas tenha sofrido isso. Muito mais do que simples "suspeitas", pelo menos 2 (dois) PROCURADORES JÁ ADMITIRAM PUBLICAMENTE SEREM VERDADEIRAS! Tem mais: as msg estão aí para quem quiser ver e é só mandar periciá-las. Qual o problema? O que foi e é espantoso: saber e ter certeza, como serem humanos foram capazes de tanta indignidade! Pior: investidos em cargos públicos nos quais nos exercícios das suas funções deveriam zelar pela honestidade, honradez, verdade, legalidade e garantias do processo legal e justo.
Lembro que uma só (somente uma procuradora) teve a sensatez, não só de admitir ser verdadeira a mensagem VAZA A JATO em relação a ela, como também pediu desculpas públicas pela troça que fez ao falecimento de uma criança, no caso, o neto do ex-Presidente Lula.
Da forma como existe juiz de garantias, deveria haver no sistema acusatório uma espécie de fiscal de garantias. Mas parece que todos se acostumaram com tudo. É a "normose" de Pierre Weil e Roberto Crema. Bom ler.

Barbárie contra advogado

cac (Advogado Autônomo - Civil)

Para comentar o assunto, basta reproduzir o seguinte parágrafo do texto: "O que une verdadeiramente os dois casos é a desinibição autoritária dos atores do sistema penal, que nos dias de hoje se sentem tão à vontade para promover a barbárie contra o direito de defesa". É exatamente isto que acontece atualmente. Caso exemplar é do Ministro Moro, que, enquanto juiz da Lava Jato, não se acanhou em cometer barbáries e burlar a lei, com uma desinibição nunca dantes encontrada num magistrado brasileiro.

Um Monte de Bobagens

acsgomes (Outros)

Acho que nunca vi no Conjur um texto com tamanha quantidade de bobagens. Fica até difícil comentar, teria que rebater uma por uma e certamente ultrapassaria a quantidade de linhas permitidas.
Mas, para deixar registrado, a maior de todas certamente é a de que Sergio Moro e procuradores atuaram para "construírem uma farsa que contribuiu diretamente para o impeachment inconstitucional de uma presidenta eleita democraticamente, promoveu a prisão ilegal do maior líder político nacional e impactou decisivamente na eleição ilegítima de Jair Bolsonaro". Depois de a Lava Jato, ao longo dos anos, ter investigado e condenado centenas de réus e ter retornado aos cofres públicos bilhões de dólares, essa afirmação é certamente a mais patética de todas, digna de militante que ainda não abandonou o discurso.
Merece também destaque a importância que ele dá a Vaza Jato, mensagens obtidas de maneira ilícita, manipuladas e escolhidas a dedo para lançar suspeitas. E, detalhe supremo, não periciadas, algo que um advogado e professor de Direito Penal deveria contestar veementemente. Mas, aparentemente, os ditos "garantistas" esquecem convenientemente desse detalhe.

Continuem na luta

Thiago Bandeira (Funcionário público)

que conseguirão reeleger o bozo.

A esquerda parece que não aprende nada e nem esquece nada. Faz a mesma coisa repetidamente esperando resultado diverso.

Viva mariguhella (que era preto viu)

Vergonhoso

Schneider L. (Servidor)

O articulista defende a punição com base em provas ilícitas, e a impunidade para crimes não contaminados por provas obtidas por meio criminoso.

É realmente como o ministro Barroso falou. É fascinante como esse autoproclamados "garantistas" adoram uma prova ilícita. E essa gente dá AULA de DIREITO PENAL.

E daí se pergunta porque há uma crise na área do Direito.

Sublime

Immanuel Kant (Advogado Sócio de Escritório)

Parabéns ao autor do texto, pois este está magnífico.

Teoria da contaminação jurídica

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Dentro da referida Teoria, os atos dos constituintes atingem, também, o constituído, quando este, voluntariamente, adere, aprova, se envolve com o crime o qual defende.
É uma forma de se evitar uma sociedade que prima pelo ilícito.

Politica

Glaucio Manoel de Lima Barbosa (Advogado Assalariado - Empresarial)

Professor Fernando, concordo com a sua narrativa em parte, porém, o representante dos advogados não pode fazer da instituição um trampolim politico partidário.

Comentar

Comentários encerrados em 29/12/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.