Consultor Jurídico

Notícias

Sujeito ao Cade

Em recuperação judicial, Abril vende Exame para o BTG por R$ 72,3 milhões

O banco BTG arrematou, em leilão judicial nesta quinta-feira (5/12), a revista Exame, da editora Abril, em recuperação judicial. O banco era o único habilitado e o arremate foi homologado pelo juiz Marcelo Barbosa Sacramone, da 2ª Vara de Falências de São Paulo.

A revista foi arrematada por R$ 72,3 milhões, preço anunciado quando o leilão foi apregoado na Justiça. O negócio agora precisa ser aprovado pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), já que uma publicação do mercado passará a ser controlado por um banco de investimentos.

Como o negócio ainda não foi aprovado pelo Cade, o banco não deu muitas informações. No início do ano, o jornal Valor Econômico informou que a intenção do BTG era ter um veículo de comunicação para apoiar seu braço de aplicações financeiras, para concorrer com o site InfoMoney, controlado pela XP Investimentos.

A Abril entrou em recuperação judicial em agosto de 2018, com dívida anunciada de R$ 1,8 bilhão. Desse total, R$ 1,1 bilhão, que pertenciam aos bancos Itaú, Bradesco e Santander foram comprados pelo BTG numa negociação com o novo presidente da Abril, Fábio Carvalho, ex-executivo do BTG.

Recuperação Judicial 1084733-43.2018.8.26.0100

Revista Consultor Jurídico, 5 de dezembro de 2019, 16h49

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 13/12/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.