Consultor Jurídico

Novo comando

Ministra Isabel Gallotti assume a presidência da 2ª Seção do STJ

A 2ª Seção do Superior Tribunal de Justiça fez nesta quarta-feira (28/8) sua primeira sessão sob a presidência da ministra Isabel Gallotti. A nova presidente, que sucede ao ministro Paulo de Tarso Sanseverino, exercerá o cargo até agosto 2021.

Ministra ficará na presidência da 2ª Seção até agosto de 2021 Rafael Luz/STJ

Na abertura da sessão, Isabel Gallotti agradeceu a confiança depositada pelos colegas em seu trabalho e afirmou que será enorme a dificuldade de suceder ao ministro Sanseverino, de quem elogiou "o brilho jurídico e a dedicação aos trabalhos". Segundo ela, a serenidade e a cordialidade do ex-presidente "deixam uma marca indelével".

O ministro Raul Araújo agradeceu a Sanseverino pela eficiência na condução do colegiado no último biênio e deu as boas-vindas à nova presidente.

"Destaco todos os extensos conhecimentos que domina – não só no campo jurídico, mas também na arte da diplomacia. Vossa Excelência, ministra, apresenta a todos nós esses conhecimentos diariamente", disse. Ele ressaltou que Gallotti "está absolutamente qualificada para a função de presidir a Segunda Seção, mantendo a qualidade dos trabalhos".

Ao agradecer às homenagens recebidas, o ministro Sanseverino disse que a missão de presidir o colegiado nos últimos dois anos foi facilitada pela excelência dos colegas, pela qualificação dos servidores e pela colaboração dos advogados.

"Certamente, a ministra Isabel também terá uma gestão tão simples quanto a que eu tive aqui na 2ª Seção", afirmou. Com informações da assessoria de imprensa do STJ.




Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 29 de agosto de 2019, 11h50

Comentários de leitores

0 comentários

A seção de comentários deste texto foi encerrada.