Consultor Jurídico

Bens Bloqueados

Juiz manda Guido Mantega usar tornozeleira eletrônica e bloqueia bens

Por 

O juiz Federal Luiz Antonio Bonat, da 13ª vara Federal de Curitiba, determinou que o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega coloque tornozeleira eletrônica. Bonat também determina o bloqueio de R$ 50 milhões em bens do ex-ministro.

Justiça manda Guido Mantega usar tornozeleira eletrônica

As determinações constam na decisão judicial que autorizou operação da Polícia Federal na manhã desta quarta-feira (21/8). Essa nova fase da operação "lava jato" tem como alvos principais ex-executivos da Odebrecht. 

A fase da operação tem como objetivo esclarecer suspeitas de pagamentos dos executivos aos ex-ministros de governos petistas Antonio Palocci e Guido Mantega. 

Segundo o magistrado, foi apontada, pelo Ministério Público, a possibilidade de Mantega fugir para a Itália, já que ele possui nacionalidade italiana. 

Entretanto, o magistrado considerou que não há informações sobre o risco de fuga e que restrição de saída do país apreensão do passaporte são medidas suficientes. "Valores mantidos pelo ex-ministro no exterior já estão bloqueados", diz. 

Os executivos presos também tiveram bens bloqueados. Maurício Roberto de Carvalho Ferro, no valor de R$ 128 milhões; Nilton Serson, no valor de R$ 78 milhões; Bernardo Afonso de Almeida Gradin, no valor de R$ 50 milhões; e Newton Sergio de Souza , no valor de R$ 50 milhões.

Clique aqui para ler a decisão.
5039848-42.2019.4.04.7000/PR

Topo da página

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 21 de agosto de 2019, 17h12

Comentários de leitores

1 comentário

Guido mantega

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Esse italiano, petista e comunista, gosta de dinheiro. E não é de reais ou de liras, mas de dólares.

Comentários encerrados em 29/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.