Consultor Jurídico

Notícias

Fim de mandato

Desembargador Salles Rossi se despede do Órgão Especial do TJ-SP

Por 

Após dois mandatos consecutivos, o desembargador Salles Rossi se despediu nesta quarta-feira (21/8) do Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ele recebeu cumprimentos e homenagens dos demais integrantes do colegiado. "Um grande juiz", resumiu o presidente do TJ-SP, desembargador Manoel Pereira Calças.

"Aprendi muito com Salles Rossi. Ele é um gentleman em todos os aspectos. Sua palavra é sempre de elegância. Sempre profere votos com elegância absoluta. Fará muita falta", disse o desembargador Ricardo Anafe. O desembargador Ferraz de Arruda que, por muito tempo dividiu a bancada com Salles Rossi, completou: "Foram tempos muito bons em que se revelou a inteligência e o brilho do desembargador".

Salles Rossi agradeceu as palavras dos colegas e afirmou ser muito grato pela oportunidade de ter integrado o Órgão Especial, participando de julgamentos importantes. "A experiência e o aprendizado foram incríveis", disse. Ele também deixou um recado ao seu sucessor: "Desejar que seja tão feliz quanto eu fui nesses quatro anos que passaram".

O substituto de Salles Rossi será escolhido nesta quinta-feira (22/8). A votação, em ambiente virtual, vai da 0h às 16h. A totalização dos votos está marcada para 16h15, no Palácio da Justiça. 

Os mandatos de outros dois membros do Órgão Especial também terminaram nesta quarta: Alex Zilenovski e Aguilar Cortez. Porém, eles ainda podem ser reeleitos para mais um biênio. Ambos são candidatos. Por isso, receberam homenagens dos colegas, mas muitos disseram ter certeza que os dois estarão de volta na sessão da semana que vem.

Além de Alex Zilenovski e Aguilar Cortez, outros três desembargadores concorrem a uma cadeira no colegiado: Vito José Guglielmi, Cláudio Antonio Soares Levada e James Alberto Siano.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 21 de agosto de 2019, 20h47

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.