Consultor Jurídico

Notícias

Tomada de contas

Supremo começa a analisar denúncia sobre processo de Angra 3 no TCU

Por 

Os ministros da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal começaram a analisar, nesta terça-feira (6/8), denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o ministro do Aroldo Cedraz, do Tribunal de Contas da União, e seu filho, o advogado Tiago Cedraz, e outras duas pessoas por tráfico de influência. 

Até o momento, o relator, ministro Luiz Edson Fachin, apenas leu o relatório — a sessão de julgamento foi suspensa a pedido do advogado de Cedraz, o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, por causa do horário.

Os quatro envolvidos são acusados de negociar e receber dinheiro da construtora UTC para favorecê-la no julgamento das contas e dos contratos das obras da usina nuclear de Angra 3, no Rio de Janeiro.

A acusação se baseia na delação premiada do dono da da UTC, Ricardo Pessoa. Segundo ele, a empresa pagou R$ 3,2 milhões para os envolvidos.

Inq 4.075

 é correspondente da revista Consultor Jurídico em Brasília.

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2019, 18h41

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 14/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.