Consultor Jurídico

Notícias

Retaliação política

Petrobras cancela contrato com escritório de Felipe Santa Cruz

A Petrobras notificou o escritório de advocacia do presidente do Conselho Federal da OAB, Felipe Santa Cruz, de que está cancelando o contrato com ele. De acordo com a jornalista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, a estatal enviou uma carta ao escritório nesta terça-feira (6/8).

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O escritório de Santa Cruz atuava em causas trabalhistas e venceu, no ano passado, um processo de funcionários que pediam pagamento de horas extras atrasadas. A causa era estimada em R$ 5 bilhões e teve julgamento acirrado no Tribunal Superior do Trabalho, com 6 votos a favor e 5 contra.

À reportagem, Santa Cruz disse que tratava-se de uma ação rescisória e que salvou a empresa "na causa trabalhista mais grave que ela já enfrentou". Ele informou ainda que vai ajuizar ação para reparação de danos, considerando que "há claramente uma perseguição política em curso".

Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro usou o assassinato do pai de Santa Cruz, durante a ditadura militar, para criticar a OAB. O advogado já ajuizou petição no Supremo Tribunal Federal para que o Bolsonaro se explique. 

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2019, 21h11

Comentários de leitores

6 comentários

Houve licitação?

ABCD (Outros)

Vocês omitiram o fato de que a contratação do escritório ocorreu sem o devido processo licitatório, durante a gestão mais corrupta da história do país (PT), em afronta aos princípios que regem a administração pública. Não tente desinformar e é melhor já ir se acostumando...

Tudo na mesma, e a vida segue

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

A Petrobras era reduto do PT, agora do clã Bolsonaro. Trocamos seis por meia dúzia, como já sabíamos desde o início.

A Petrobras não pode trocar de advogado?

João B. G. dos Santos (Advogado Autônomo - Criminal)

Pode! Ainda mais por se tratar de empresa que possui departamento jurídico próprio que a rigor não necessitaria contratar advogado externo.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 14/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.