Consultor Jurídico

Notícias

Vaga para conselheiro

Grupo de juristas manifesta apoio a Marcelo Semer para vaga no CNJ

Um grupo de mais de 650 advogados e magistrados produziu um abaixo-assinado em apoio à nomeação do juiz Marcelo Semer, do Tribunal de Justiça de São Paulo, para o Conselho Nacional de Justiça.

Em artigo publicado na ConJur, Semer defende que o conselho "abrace a defesa incondicional da independência judicial e, mais do que nunca, a preservação da imparcialidade, pedra de toque da jurisdição". 

O juiz conta com apoio de advogados como Pierpaolo Cruz Bottini, Alberto Zacharias Toron, Belisário dos Santos Jr., Antônio Carlos de Almeida Castro (Kakay), Maíra Fernandes, José Eduardo Cardozo, Pedro Estevam Serrano, Marcio Sotelo Felippe, Marco Aurélio de Carvalho etc.

A lista também conta com juízes na ativa e aposentados de diversas justiças, dentre eles ministros do TST, do TJ-SP, TJ-RJ, TRF-1, TRT-4, TRT-15, TRF-4, dentre outros. Além disso, há diversos membros da comunidade acadêmica, como os professores Juarez Tavares (UERJ), Jacinto Nelson de Miranda Coutinho (UFPR), Celso Antônio Bandeira de Mello (PUC-SP), Juarez Cirino dos Santos (UFPR), Lênio Streck (Unisinos), Aury Lopes Jr. (PUC-RS), Geraldo Prado (UFRJ), Luciana Boiteux (UFRJ), Sérgio Salomão Shecaira (USP), Maurício Stegemann Dieter (USP), Beatriz Vargas (UnB), Weida Zancaner (PUC-SP).

A abertura de inscrições para a vaga foi anunciada em julho. Para representante dos juízes estaduais, são mais de 50 candidatos. Já para a vaga de desembargador são 23 postulantes. Eles serão indicados pelo Supremo Tribunal Federal.

Veja a lista completa aqui.
Clique aqui para ver o abaixo-assinado a Semer.

Revista Consultor Jurídico, 6 de agosto de 2019, 20h46

Comentários de leitores

3 comentários

Judiciário Apolítico

Levy Moicano (Jornalista)

O ideal é que o judiciário seja composto de membros apolíticos, o que não é compatível com os juízes que integram a AJD.
Marcelo Semer é integrante da famigerada ala de esquerda da magistratura, chamada de AJD. São juízes que lutam contra a magistratura (incoerentes), que buscam a submissão do Poder Judiciário aos interesses políticos de partidos com ideologia de esquerda.
Assim se explica os nomes que integram o apoio.

Grupo de juristas

Júlio M Guimarães (Bacharel - Trabalhista)

Não conheço o trabalho do juiz Marcelo Semer, mas pelos nomes que aparecem dando apoio (Toron, Kakay, José Eduardo Cardoso, etc) já passo a desconfiar.

Boa pessoa, mas de ideologia que não coaduna com o país atua

analucia (Bacharel - Família)

Boa pessoa, mas de ideologia que não coaduna com o país atualmente. O pensamento de Esquerda precisa ser superado. Proteção para vítimas e não para bandidos.

Comentários encerrados em 14/08/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.