Consultor Jurídico

Defesa do consumidor

"Grande compromisso do Procon é com a desjudicialização do consumo"

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

Aí da Merenda

Gilberto Serodio Silva (Bacharel - Civil)

Quer roubar meu direito de petição no Juizado Especial?
Cruzamento de Ratazana Temer com Tucano emplumado.

Um homem injustiçado.

Guaracy Moreira Filho. (Administrador)

Capez é um notável jurista que se viu envolvido, como muitos, num caso em que se provou sua inocência.Boas ideias para um órgão que agoniza.

O Homem da Merenda

M. Dias Nt (Advogado Autônomo)

Então quer dizer que o "Homem da Merenda" paulista, agora no Procon que é um órgão de PROTEÇÃO DO CONSUMIDOR (e não das empresas) está trabalhando em favor de quem??? Das EMPRESAS! Necessário comentar?

É apenas mais um exemplo dessa época de TREVAS que vivemos. Época que os livros de história chamarão de "bolsonarismo".
Os responsáveis devem estar felizes, pois é exatamente isso que queriam. Alegar ignorância não dá porque falta de aviso não foi.

Tem lanche

incredulidade (Assessor Técnico)

no Procon?

Capez ainda está em cena?

João Renato Paulon (Advogado Autônomo - Civil)

Inacreditável depois de tudo que se ouviu desse sujeito ainda tenha ideias milaborantes para a advocacia.

Não entendi

Ricardo S. Pinto (Advogado Autônomo - Criminal)

Não entendi a afirmação do entrevistado: “Prefiro que o estado receba 50% antes do que ficar discutindo durante 30 anos e não receber nada.”
Se a finalidade precípua do Estado não passa pela arrecadação de multas porque o motivo da pressa em beneficiar empresas faltosas?

Comentar

Comentários encerrados em 29/04/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.