Consultor Jurídico

João Monlevade

OAB irá fazer reunião com advogados para ouvir reclamações sobre juiz em MG

Retornar ao texto

Comentários de leitores

10 comentários

perigo de novo surto de juizite aguda

paulão (Advogado Autônomo)

Até os anos 80, era muito comum esse comportamento de juiz. Se achavam (como ainda se acham, mas as ferramentas de controle melhoraram um pouquinho, então "pegam leve"). É sintoma de uma doença terrível, que só se cura colocando o paciente em disponibilidade sem vencimentos e, após análise sumária, levantando-se outros casos, demissão a bem do serviço público.

Descontrolado

JCláudio (Funcionário público)

Aqui está uma demonstração inequívoca de como funciona o judiciário deste pais, seja de que esfera for e de que instância for. Se acham os Semideuses dos semideuses. Acham que estão acima de qualquer suspeita e postura ética. Mas que na realidade não passam de meros funcionários públicos do judiciário. Mas por outros lado, é mais um abjeto que acha que pode desrespeitar as pessoas de uma forma arrogante e degradante.

Que triste!

Neli (Procurador do Município)

Desnecessário gritar com uma testemunha.
Quem grita não tem segurança no que faz.
Sempre digo que quem xinga ou não sabe fundamentar ou não conhece a língua portuguesa. Vou reformular: quem grita também!
E meus cumprimentos para aquele senhor que se portou dignamente.
A OAB, parece-me, nada pode fazer, porque não envolveu um advogado, mas, um representante do Ministério Público sim, pois não?
Um juiz de Direito deve ter uma postura sóbria, íntegra de forma a dignificar a função que exerce.
É o representante do Poder Judiciário!
E em audiência deve se portar com imparcialidade ímpar que é quebrada quando um magistrado se alterca com uma testemunha.
Data vênia!

E o advogado?

JUSTIÇA VIVA (Advogado Autônomo - Criminal)

Nos parece um evidente abuso do Juiz. Contudo, o que mais me irresignou foi a omissão estridente do advogado. Aí não dá para exigir respeito à advocacia.

Instabilidade

Paulo Cesar Flaminio (Advogado Autônomo)

Por óbvio esse juiz precisa de um tratamento, com urgência. Mas um advogado permitir isso, também é o cúmulo.

Haverá punição?

Marcel Joffily (Defensor Público Estadual)

Duvido muito...
Comportamento longe, muito longe mesmo do que se espera se uma pessoa minimamente educada, membro do judiciário ou não. Sensação de mal estar vendo um vídeo dessa qualidade...

Juizite aguda

Chico Bueno (Advogado Autônomo - Civil)

Como pode um ser assim obter aprovação num concurso da magistratura?

Diferenciado

S. Queiroz (Outros)

Acreditam que tal ato não é rotina no JUDICIÁRIO brasileiro? A OAB é inerte na defesa do advogado, quiçá, do cidadão. CNJ só serve para reunião desnecessária.

Testemunha

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Ao que parece o advogado fez uma pergunta objetiva e a testemunha não entendeu. Não era necessário o comportamento agressivo do juiz.

Isso aí

BASILIO (Advogado Sócio de Escritório)

passou em exame psicotécnico?

Comentar

Comentários encerrados em 20/04/2019.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.