Consultor Jurídico

Comentários de leitores

4 comentários

Desenvolvimento

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Na medida em que a sociedade avança em direção a patamares civilizatórios, a proteção aos membros das minorias torna-se efetiva.

Belo texto (obs: lei com número errado.)

Delta Alexandre Ramos (Delegado de Polícia Estadual)

A lei na verdade é a 13.718/2018.

Quando eu tinha 21 anos

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Trabalhava o dia inteiro e estudava à noite na Faculdade, de onde saía por volta das 23:30 horas e, muitas vezes, estudava até as 2 horas da madrugada para alguma prova durante a semana. Era uma vida muito cansativa e estressante. Saía para trabalhar por volta das 6:30 horas da manhã e não havia ninguém na rua naquele horário. Esperava o ônibus no ponto e, todos os dias, um homem me "aplicava uma sardinha" no traseiro e ria cinicamente. Isso aconteceu durante alguns meses e eu sempre relutei em contar para o meu pai, pois sabia que, se soubesse, ele tomaria providências drásticas "desproporcionais" à "importunação". Toda noite, demorava para dormir, pois pensava que no dia seguinte o homem estaria lá e o que eu poderia fazer para impedir. Certa vez, meu pai percebeu que estava com o semblante tenso e perguntou se eu estava com algum problema. Eu contei o que se passava e, na manhã seguinte, meu pai foi comigo até o ponto de ônibus, ocultou-se atrás de uma árvore. Quando o homem apareceu com seu sorriso cínico, meu pai apontou uma arma para ele e disse que nunca mais se aproximasse de mim. Se estivesse passando em alguma rua e me visse, que atravessasse a calçada e ficasse bem longe de mim. O homem abaixou a cabeça e concordou com tudo. E nunca mais apareceu. Quando os homens enxergam a mulher como "objeto", calculam "danos físicos", mas os danos psicológicos são muito mais intensos. Afinal, a mulher tem o direito de ir e vir, ou esse direito é condicionado a suportar as "safadezas" dos homens ?

ótimo texto

Geová Mendes da Silva (Advogado Autônomo - Criminal)

Mais um ótimo texto parabéns.

Comentar

Comentários encerrados em 6/10/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.