Consultor Jurídico

Notícias

Controle social

Haddad defende mandato para ministros do STF e redução de benefícios do Judiciário

Comentários de leitores

17 comentários

Entrevista haddad

Eider Ribeiro Luz (Bacharel - Civil)

Parabéns pela matéria, pelo menos ficamos sabendo da real intenção do candidato. Não percebí desvios significativos do interesse coletivo, porém, como o candidato é bacharel em direito, deveria adicionar mais informações sobre suas reais intenções de mudanças na área jurídica. diante disso, não merece o voto de ninguém da área jurídica, existe outro candidato com propostas bem melhores.

Marionete do lula

Silva Cidadão (Outros)

A ordem do prisioneiro de Curitiba, para essa marionete denominada Hadad, é preparar um ambiente para que nossa republiqueta, em caso dele ser eleito, o que é muito improvável, faça recepcionar os modelos ditatoriais da Venezuela, Cuba, Nicarágua e outros de sua escola verduga.
"BOLSONARO VENCE NO 1º TURNO"

Prestem atenção!

Palpiteiro da web (Investigador)

O capacho do presidiário quer amordaçar o Judiciário e MP, além de sucatear a polícia federal e, pra piorar, irá conceder indulto ao seu ídolo preso em Curitiba. Em resumo, ele é o candidato do continuísmo da roubalheira e se mudar algo, será pra pior.
Por isso, dia 7 é 17!

Mal lembrado

Afonso de Souza (Outros)

CesarMello (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial), o jornalista Fernão Lara Mesquita discorda de você:

“Jair Bolsonaro, pintado como ameaça iminente para a democracia, é o exemplo mais evidente. Quem tem tanques e está querendo dar golpe não sai à rua pedindo votos. Antidemocrático declarado, com papel passado, com promessa solene de volta atrás, com ‘plano de guerra’ aprovado em convenção nacional (2015) para a desmontagem das instituições republicanas já semi-implementado, com juras de amor diárias a ditadores com mãos sujas de sangue e supremas cortes recheadas de fantoches é o PT. Todas essas figuras sinistras da América do Sul e da África que estão enchendo o Brasil e o mundo de refugiados, com poucas exceções, são amigos diletos de Luiz Inácio Lula da Silva. Boa parte desses cujas ‘milícias’ hoje atiram contra quem lhes pede eleições limpas foi bancada pelo BNDES do PT para chegar pelo voto às posições de que agora se recusam a apear pelo voto (…).

E eu também.

Passando só pra lembrar

CesarMello (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Que o Radical e que ameaça a Democracia, é o Bolsonaro.

Querer fazer é não poder

ielrednav (Outros)

Estudou direito , para fazer errado , querendo tirar os poderes do MP , que tem o dever de averiguar quem esta agindo contra a Nação.
e, terminar com o STF , o Fernando Hadad segue conselhos errôneos da administração do PT . Os três poderes são harmônicos entre si ainda que tenha divergência de alguns , não pode acabar o STF tem a supremacia da corte em dar prioridade maior em todos os atos do judiciário cabendo , aos magistrados julgamentos em segundo grau. e o ex prefeito não tem poderes se eleito , agir contra o Congresso Nacional para aprovação das leis

Mandado fixo?

Neli (Procurador do Município)

Quer acabar com o Judiciário?
O Judiciário deve ser imparcial sempre!
E ministro com mandato a tendência é politizar uma Instituição que jamais deveria ser politizada.
Aliás, sou pela extinção do Quinto Constitucional.
Quem quiser fazer carreira no Judiciário que tenha capacidade de passar no difícil concurso público para magistrado.
Também deve modificar a forma de nomear Ministros para a Corte Suprema: deveria ser desembargador.
Alguém que sempre foi parcial (advogado ou membro do MP), chegar ao "final da carreira" e ser obrigado, ex-vi-legis, que ser imparcial.
O Judiciário não merece!
Nem digo que o Brasil não merece, porque essa gente não pensa no País, mas, em si própria, em sua ideologia.
Nenhum desses políticos quer um Brasil melhor, mas, o melhor para si mesmo.
Por isso que o País é esse eterno subdesenvolvimento.
E a tendência será piorar, porque o candidato quer, quer Mandato para o STF e é comandado de dentro da prisão por alguém condenado por crime contra a Administração Pública; o outro quer armar a população invés de educação.
O Brasil regride e não tem nenhum jeito de dar certo.

O discurso oblíquo do fantoche

Afonso de Souza (Outros)

Do estudioso da democracia, e verdadeiro democrata, Augusto de Franco, a respeito do mais novo manifesto "pela democracia": "Não viram o mais maligno para a democracia, da estratégia petista, que é fazer “a revolução pela corrupção” (na expressão do saudoso Ferreira Gullar), em doses homeopáticas, com o objetivo de conquistar hegemonia sobre a sociedade a partir do Estado aparelhado pelo partido para nunca mais sair do governo. Acham que o PT é democrático porque não quer dar um golpe de Estado em termos clássicos. Ora, o PT não quer mesmo dar um golpe de Estado, não quer promover uma insurreição popular, não quer empreender uma guerra popular prolongada, não quer instalar focos revolucionários e sim vencer eleições seguidamente, por tempo indeterminado, ganhando tempo para operar transformações por dentro do sistema que alterem o DNA da democracia".

Querem evitar o PT? Não votem em Bolsonaro

Ramiro. (Advogado Autônomo)

Infelizmente levar Bolsonaro ao segundo turno é como é na França levar Marine Le Pen, o discurso raivoso, mas que perde para praticamente qualquer outro adversário com condições de chegar ao segundo turno.
Se o segundo turno for Haddad e Bolsonaro, as pesquisas estão mostrando o "mito" bateu no teto.

O poste é uma piada...

Johnny1 (Outros)

...foi escorraçado da prefeitura de SP, dada sua notória incompetência, e tem gente que acha que ele pode ser presidente?
Tem que ser muito fanático ou burro pra cair nesse conto do vigário...

Agora???!!!!

FalaMané (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

Ele quer algo parecido com o STF da Venezuela. Mandatos fixos.
Se agradar fica, senão ...
Os membros da 2ª Turma ficariam "ad perpetuam"....

Eu penso que para o prof. Edson...

S.Bernardelli (Funcionário público)

Eu penso que para o prof. Edson o ideal seria o Bolsonaro né?

Merece!

José R (Advogado Autônomo)

É esse....

ganhou o meu voto

Jornalista Pereira (Jornalista)

Estava em dúvida e mais inclinado a votar no Ciro, apesar de ter votado no PSDB em outras eleições. Mas, ao ler essas propostas do Haddad, passei a considerar seriamente o voto nele. Trata-se de alguém com excelente formação acadêmica e que parece, junto com Ciro, o mais preparado a governar o Brasil. Não coloco Alckmin entre os três, porque sempre critiquei o seu jeito introspectivo de fazer política, é muito difícil saber o que ele pretende. Enfim, entre as opções democráticas, acredito que agora defini o meu voto.

Culpa é do STF

Júlio SantosAdv (Advogado Autônomo - Criminal)

Bolsonaro é filho da operação lava a jato.Na Itália, depois das mãos limpas os italianos elegeram Silvio Berlusconi; no Brasil, após a lava a jato, veio o messias. É que a sensação de moralidade, combate à corrupção fica impregnada pela mídia na população em geral. Isso atrai ideias fascistas, que se ve pela indolência do índio e malandragem do negro :armas para os pais de família e trabalhadores de bem, e repulsa às liberdades públicas.O STF tem grande parcela de culpa, em tudo isso, quando se transformou em Tribunal da opinião pública que opina e não controlou, como deveria, os abusos ao Estado de Direito perpetrados pela lava a jato, Moro, D'Artagnan e seus acólitos.Se mesmo com Lula preso,condenado pela lava a jato por corrupção, o candidato poste Fernando Haddad tem 23% dos votos válidos do eleitorado "muita gente que não opina, não vem influenciando os julgamentos do STF".

idéias razoáveis na teoria, vamos ver na prática, se eleito

LAFP (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Se 30% dessas idéias de fato forem postas em práticas, acho muito boa e bem vinda. Tem de haver mudanças, do jeito que está não dá mais.

Culpa da segunda turma

Professor Edson (Professor)

Vamos ser governados por um presidiário, vocês alimentaram o monstro agora aguenta, e só de pensar que a segunda turma do STF ainda queria soltar o Lula é tenebroso.

Comentar

Comentários encerrados em 2/10/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.