Consultor Jurídico

Notícias

Visita célebre

Filósofo Noam Chomsky visita Lula na carceragem da PF

O linguista norte-americano Noam Chomsky visita, na tarde desta quinta-feira (20/9), o ex-presidente Lula na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba, onde o político está preso desde abril. Além de ser filósofo, ativista e professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), Chomsky é um crítico da sociedade e da política em seu próprio país e no mundo.

Divulgação/PTNoam Chomsky considera que Brasil foi muito respeitado sob liderança do ex-presidente Lula.

“Vinte anos atrás tive o privilégio de conhecer Lula. Fiquei muito impressionado e continuo. Há 100 anos, o Brasil foi considerado o colosso do Sul, e isso esteve próximo de acontecer. O Brasil tornou-se o país mais respeitado do mundo sob a liderança de Lula”, afirmou Chomsky na semana passada, segundo informações da Assessoria de Imprensa do PT.

O filósofo concederá entrevista coletiva após a visita, na porta da sede da PF.

Revista Consultor Jurídico, 20 de setembro de 2018, 16h06

Comentários de leitores

12 comentários

Das sombras à luz do dia - glasnost lulista

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Não faz nem uma semana, "perdi" um antigo amigo, real e virtual, no Facebook, E foi por causa de uma dessas visitas a Lula na prisão. Ele me "excluiu", assim como outro amigo, tudo porque criticamos. Fiquei muito decepcionada por se tratar de professor universitário bastante idoso e experiente, que se mostrou incapaz de debater uma posição contrária à sua. O outro amigo também excluído disse que algo positivo surgiu dessa situação : ficamos conhecendo as pessoas que apoiam certos regimes, antes ocultas.

Chomsky visita Lula

dulcinea (Comerciante)

Ideologias à parte, Fiquei realmente emocionada, ao saber desta notícia, este pensador é meu ídolo, desde que li seu livro: "O Lucro ou as Pessoas".
Além de lutador, o Lula é um Privilegiado.
Força Lula!

Morre a primeira testemunha

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Uma das testemunhas ouvida pela polícia sobre o atentado a Jair Bolsonaro morreu nessa semana, embora o fato só tenha sido noticiado na sexta-feira (21/09), conforme publicado pelo site "O Antagonista".

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 28/09/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.