Consultor Jurídico

Notícias

Tipificação difícil

Historiadores terão que "quebrar a cabeça" para explicar pedaladas, diz Lewandowski

Por 

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, avaliou brevemente o processo de impeachment de Dilma Rousseff. A fala foi feita em um evento organizado pela ConJur para debater os 30 anos da Constituição.

O impeachment é um processo extremamente doloroso, no qual é preciso ter praticado um crime de responsabilidade, cuja tipificação é extremamente difícil. Os que acompanharam o impeachment da presidente Dilma sabem disso. Essa caracterização dessas pedaladas fiscais é uma coisa que talvez os historiadores vão ter que quebrar a cabeça... [risadas do ministro]

Veja abaixo a íntegra do seminário. A fala do ministro Lewandowski sobre o impeachment de Dilma Rousseff começa em 9h50min30s

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 18 de setembro de 2018, 16h24

Comentários de leitores

8 comentários

Cinismo.

Samuel Pavan (Advogado Autônomo)

As chamadas "pedaladas fiscais" foram fartamente demonstradas e documentadas. Os historiadores ISENTOS não terão qualquer dificuldade para explicá-las.

Já os professores de Direito Constitucional têm e sempre terão uma dificuldade intransponível para explicar juridicamente a decisão do Senado Federal, sob a presidência do Min. Lewandowski, que estuprou a Constituição Federal ao decidir que a criminosa Dilma Rousseff seria condenada somente ao impeachment, sem a inabilitação para função pública por oito anos.

2016

diamanteblack (Outros)

Será que a famosa frase de LULA! Estão todos acovardados não se concretizou, com a palavra os togas do STF e Cia.

Os pais

Clovis Souza (Advogado Autônomo)

Pior serão os pais quando os filhos perguntarem o que foi o Golpe de 2016?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 26/09/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.