Consultor Jurídico

Notícias

Guinada na carreira

Bolsonaro quer convidar Sergio Moro para o Ministério da Justiça

O recém-eleito presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou que pretende convidar o juiz Sergio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, para assumir o Ministério da Justiça. A declaração foi dada em entrevista exclusiva à Record nesta segunda-feira (29/10).

ReproduçãoSergio Moro era apontado como um dos principais nomes para o STF

"Pretendo sim [convidar Moro], não só para o Supremo, quem sabe até chamá-lo para o Ministério da Justiça. Pretendo conversar com ele, saber se há interesse dele nesse sentido também", declarou Bolsonaro.

Na entrevista, o capitão disse que não conversou com o magistrado durante a campanha para evitar parecer "oportunista".

Na noite deste domingo (28/10), logo após a divulgação do resultado das urnas, o juiz parabenizou Bolsonaro e pediu reformas. O nome de Moro já era ventilado como um dos favoritos para indicação ao Supremo Tribunal Federal.

Já sobre o aumento no número de integrantes do STF, segundo o portal R7, Bolsonaro voltou atrás e afirmou que o assunto "ficou no passado". "Eu estava embarcando em um rumo equivocado. Agora, domingo, eu conversei com o Dias Toffoli (presidente do STF). Chegando a Brasília, conversarei com o presidente do Supremo. Eu tenho certeza que teremos uma convivência harmônica e ainda disse mais, que não é o Executivo que vai fazer não, vamos fazer com o Judiciário, todos nós somos responsáveis pelo futuro", disse Bolsonaro.

Revista Consultor Jurídico, 29 de outubro de 2018, 20h22

Comentários de leitores

5 comentários

O retorno

O IDEÓLOGO (Outros)

Advogados com pouca formação científica e humanística, amigos de honorários, votaram no HOMEM. Agora, aguentem.
O Juiz Sérgio Fernandes Moro, de moral impoluta, porém, com forte atuação política, condenou o Senhor Luís Inácio Lula da Silva à masmorra em Curitiba. Esquivou-se de condenar a elite que rouba o país desde a sua Descoberta por Pedro Álvares Cabral. Que o diga o Presidente Temer e seus associados.
O "Homem" foi eleito por cinquenta e cinco milhões de equivocados que, brevemente, voltarão ao estado de catatonia que atinge o nosso povo, que não terá o otimismo do "Barbudinho", mas as gargalhadas e a repressão do "Homem". Aliás, não duvido de censura à imprensa, inclusive ao CONJUR. Afinal, os corruptos estão no Legislativo e o "HOMEM" precisa deles. Não se pode, ainda, duvidar da família do "HOMEM" sair do governo, brutalmente milionária.

Idiotice

Advogado José Walterler (Advogado Autônomo - Administrativa)

Entendo que um magistrado do perfil de Sérgio MORO não conviveria de forma confortável no meio das COBRAS políticas, que só decidem visando o atendimento de INTERESSES. Se, de fato, primar por sua formação intelectual, declinará do cargo político e aguardará a ocasião para ser indicado ao SUPREMO.

Merecem

Armando do Prado (Professor)

A maioria do STF merece a companhia desse senhor.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 06/11/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.