Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Período eleitoral

OAB de São Paulo exclui números 13 e 17 para registro de chapas

Por 

Ao ir às urnas para eleger seus representantes para os próximos anos, a advocacia paulista não votará em chapas com o número 13, associado ao candidato à presidência da república Fernando Haddad (PT), ou 17, associado a Jair Bolsonaro (PSL).

Em comunicado desta quinta-feira (18/10), a Comissão Eleitoral da OAB-SP informou que os números 13 e 17 serão excluídos da disputa eleitoral. O objetivo: "evitar qualquer relação indevida com as designações numéricas das chapas que disputam as eleições presidenciais".

Os números das chapas são definidos por ordem de inscrição. Nesse ano, a primeira a registrar foi a chapa "Coragem e Inovação" que, encabeçada pelo advogado Caio Augusto, recebeu o número 11.

Em seguida, o número 12 ficou com a chapa “Pelo Direito de Sermos Mais”, liderada pelo atual presidente Marcos da Costa. Já o terceiro a registrar chapa, o advogado Leonardo Sica, conseguiu representar o grupo "Muda OAB" com o número 14.

As eleições em São Paulo estão previstas para o dia 29 de novembro e o requerimento de registro das chapas deve ser feito até 30 dias antes do pleito. Veja as datas das eleições das seccionais de todo o país aqui.

 é repórter da revista Consultor Jurídico

Revista Consultor Jurídico, 19 de outubro de 2018, 17h19

Comentários de leitores

2 comentários

E os outros?

Paulo Moreira (Advogado Autônomo - Civil)

Já que é assim, que também sejam excluídos o 45, o 19, o 18, o 50, o 51...

Que bobagem...

Ade Vogado (Advogado Autônomo - Tributária)

Porque se importar com essas bobagens? Parem de ficar procurando pelo em ovo.
Então tirem o 11 também já que foi usado pelo Maluf do "rouba mas faz"
Lamentável ficarem de mimimi assim.

Comentários encerrados em 27/10/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.