Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

11 de dezembro

TSE quer marcar diplomação de Bolsonaro para antes de cirurgia

Por 

O Tribunal Superior Eleitoral informou, nesta quarta-feira (7/11), que entrou em contato com o ministro extraordinário Onyx Lorenzoni, coordenador do governo de transição e anunciado como futuro ministro-chefe da Casa Civil, para propor a data de 11 de dezembro para a diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e do vice, general Hamilton Mourão (PRTB).

O contato foi feito por meio da Presidência do tribunal. A sugestão, feita pela administração do TSE, é que o eleito e seu partido antecipem em cinco dias suas prestações de contas, cujo limite é o dia 17 de novembro. A data limite para a diplomação é 19 de dezembro.

Dessa forma, é possível cumprir todos os prazos previstos no calendário eleitoral e fazer a solenidade de diplomação do presidente eleito em 11 de dezembro, um dia antes da data prevista para que Bolsonaro se submeta a uma nova cirurgia.

De acordo com o TSE, Lorenzoni afirmou que irá conversar com Bolsonaro para dar uma resposta ainda nesta quarta-feira.

 é repórter da revista Consultor Jurídico.

Revista Consultor Jurídico, 7 de novembro de 2018, 15h07

Comentários de leitores

4 comentários

Nuvens negras!

Karlos Lima (Oficial de Justiça)

Tbem sindo algo muito estranho nessa diplomação. Não sou vidente, mais com Tancredo Neves aconteceu que o mesmo morreu e ninguém sabe a verdade. Somente o que os médicos disseram. Vamos esperar para ter certeza. Concordo como comentário abaixo. Alguns deles. Claro não todos.

Natália: visão limitada.

Eduardo. Adv. (Advogado Autônomo)

Que intolerância, moça!
O "mito" do PSL tem provocado nos seus simpatizantes a mesma reação que provoca nos simpatizantes do "mito" do PT.
Eu julgo que Tancredo Neves morreu "antecipadamente". Precisa explicar?
Pense um pouquinho e converse com seus parentes sobre 1984/1985. Experiência e história servem para o futuro...

Ao comentário de Eduardo Neves.

Natália Di Silva (Estagiário - Civil)

Sua imaginação é fértil. Volta pra casinha.
Como alguém recém operado pode andar por aí para ser diplomado? Tem que ficar em repouso. Por isso a diplomação antecipada.

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 15/11/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.