Consultor Jurídico

Notícias

Juiz da "lava jato"

Decisão de Moro de aceitar cargo de ministro reforça críticas de parcialidade

Comentários de leitores

6 comentários

Sempre atrasados

Eududu (Advogado Autônomo)

O curioso de tantos comentários e previsões catastróficas é que Álvaro Dias disse várias vezes, desde o início das eleições, inclusive nos debates na TV, que se fosse eleito convidaria Sérgio Moro para ser Ministro da Justiça.

Não houve nenhum comentário ou análise a respeito disso, ninguém devaneou em teorias de conspiração ou denunciou uma possível troca de favores.

Algumas reações agora são, no mínimo, engraçadas. Tem brasileiro que está sempre atrasado.

Pitonisas de Delfos

Lógica Cartesiana (Outros)

Juntamente com os Cavaleiros do Apocalipse, essas pitonisas do caos insistem em vislumbrar parcialidade no Juiz Moro, em decisões recentes na Lava-a-Jato. Se julgar conforme preceitua a CF e a Lei, e a favor da Justiça - assim contrariando interesses empedernidos no Poder - for sinônimo de parcialidade, então a Justiça está condenada. Toda vez que o PT gritou contra Moro e em prol de Lula foi rechaçado pelo TRF4, STJ e STF. A parcialidade na nomeação do ex-advogado do PT para o STF passou desapercebida da esquerda...

Quanta hipocrisia.

Schneider L. (Servidor)

Vejam os clientes dos renomados criminalistas, e os interesses escusos por trás da desonestidade das críticas do Streck. Algum desses renomados juristas e advogados alguma fez reclamou de parcialidade de ministros do STF?

Já reclamaram de decisões malandras que favoreceram seus clientes investigados na Lava Jato por ministros que eram padrinhos de casamento, ex subordinados, apadrinhado políticos ou amigos íntimos dos investigados que soltaram da prisão?

Parcialidade somente convém quando isso vai afetar os honorários advocatícios e livrar seus clientes com base nos embargos auriculares, e não na técnica. Técnica que foi tao característica na atuação do futuro ministro da Justiça.

A parcialidade aparentemente também convém ao Conjur ao ouvir somente um lado da bancada criminalista que atuou no Mensalão, Castelo de Areia, Lava Jato e tantas outras... Timidamente, deu-se espaço para a opinião do Coordenador da Lava Jato em Curitiba no final dessa matéria neutra.

Algazarra

Lógica Cartesiana (Outros)

Pelo volume da gritaria dos petistas empedernidos conclui-se que a deposição da ditadura do proletariado de caviar está no rumo certo. Olvidam-se os explicitados opinadores consultados que a democracia engloba a transição de um sistema corrupto, e socialmente fracassado, para a necessária Justiça social e econômica que a nação merece. A alternância da melodia - de uma esquerda inepta para uma direita eficiente - faz parte da democracia. Todavia, os monoteístas de esquerda convenientemente ignoram esta realidade.

A Constituição adota uma Política

Holonomia (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

contrária à corrupção.
Ao contrário da política que adota a corrupção como método de atuação.
Se não for assim, também sou suspeito, político e partidário, porque entendo ser necessário todo rigor contra os crimes contra a administração pública e contra atos de improbidade.
É lógico que Moro tem um lado, o lado da Constituição, da Lei e da Justiça, e fica bem claro os que estão contra a Constituição, pois estes acusam o Moro de parcial.
A Constituição poderia dizer assim:
"Toda pessoa que não está comigo, contra mim está, e aquele que comigo não ajunta, espalha" (Lc 11, 23).
www.holonomia.com

Onde tem, leia-se...

DBS (Assessor Técnico)

Onde tem
"Leia as manifestações de integrantes da comunidade jurídica:"

Leia-se

"Leia as manifestações de integrantes da comunidade jurídica de esquerda viúva do Deus Lula e do PT."

Patético.

Comentar

Comentários encerrados em 9/11/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.