Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Covardia revelada

Diante de ameaças, STF reforça segurança de Fachin, relator da "lava jato"

Diante de ameaças contra a família do ministro Luiz Edson Fachin, relator da “lava jato” no Supremo Tribunal Federal, a corte reforçou a segurança institucional dele recentemente. O tribunal também autorizou que a segurança do ministro em Curitiba, onde ele mora, possa se descolar para acompanhamento de familiares, disse o STF, nesta terça-feira (27/3).

O anúncio foi feito após o ministro revelar as ameaças em entrevista ao programa Conexão Roberto D'Avila, da GloboNews. Fachin disse que está preocupado com a situação e que pediu providências para presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, e à Polícia Federal. O tribunal diz, porém, que as medidas foram tomadas já há algum tempo.

Nelson Jr./SCO/STF

"Uma das preocupações que tenho não é só com julgamentos, mas também com segurança de membros de minha família. Tenho tratado desse tema e de ameaças que tem sido dirigidas a membros da minha família", disse o ministro, na entrevista.

De acordo com o STF, foram deslocadas para Curitiba duas delegadas da Polícia Federal, especializadas em segurança para todos os casos de magistrados ameaçados no país, para verificar de perto a situação. O tribunal também perguntou aos outros ministros sobre a necessidade de alteração e aumento do número de agentes para fazer a segurança deles.

Revista Consultor Jurídico, 27 de março de 2018, 20h15

Comentários de leitores

6 comentários

Fachin deveria divulgar de quem vem as ameaças

Antonio Fernandes Neto (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Dr. Fachin é relator da lava-jato. Somente passou a "receber ameaças" depois de certo alguém ter sido condenado na operação, ter seus muitos indevidos recursos negados, inclusive por ele, fachin. Estou errado?

Fachin deveria divulgar de quem vem as ameaças

Antonio Fernandes Neto (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Dr. Fachin é relator da lava-jato. Somente passou a "receber ameaças" depois de certo alguém ter sido condenado na operação, ter seus muitos indevidos recursos negados, inclusive por ele, fachin. Estou errado?

Caro Ian

Bellbird (Funcionário público)

Hoje estava comentado exatamente isto. O interessante é que só ouviram os disparos e ninguém viu nada. Será que estes disparos não vieram de que alega vítima?

Ver todos comentários

Comentários encerrados em 04/04/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.