Consultor Jurídico

Notícias

Incômodo eletrônico

Tornozeleira estigmatiza acusado, diz juiz ao suspender uso de equipamento

Comentários de leitores

17 comentários

Reservista, Zap 061-98611-8470 SGT Vidal

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

A legítima defesa é uma garantia constitucional. Dentro dos limites da Lei. Pessoas treinadas e testadas conhecem o assunto. Convocação aos reservistas.

Meu palpite

Palpiteiro da web (Investigador)

Para não estigmatizar o criminoso, eu penso que devemos REVOGAR POR INTEIRO O CÓDIGO PENAL E TODAS AS LEIS PENAIS EXTRAVAGANTES.

e as vítimas?

George (Advogado Autônomo)

criminoso estigmatizado?
solto e sem tornozeleira?
e as vítimas dos criminosos ficam sem justiça ?
inversão total de valores!
"é o poste mijando no cachorro"

Lamentável e triste

Karlbrochier (Serventuário)

É com muita tristeza que leio uma decisão absurda dessa.
Qual o objetivo que essa gente, formada na academia focaultinana e garantista que nem Ferrajoli imaginou? Destruir o sistema penal? Acabar com a efetividade da pena?
O sistema penal serve justamente para garantir a liberdade de quem escolhe ser honesto e seguir a lei e a ordem! Sem direito penal, sem liberdade. Sem pena Estatal, quem tiver mais poder e mais força dominará uma comunidade e viveremos sob o julgo de milícias privadas, como já ocorre em inúmeras comunidades no Rio de Janeiro onde nem a polícia e nem a justiça entram. O Brasil está cada vez mais vivendo sobre o poder paralelo do crime onde a pena por qualquer erro pode ser morte.
O que pensa magistrados dessa estirpe?
Arrisco-me dizer que a violência e o terror imposto por traficantes, milicianos e bandidos comuns é o que magistrados como ele desejam. Sim o terror revolucionário é o objetivo final.
Temos que nos armar, caso ao contrário seremos caçados, exterminados ou escravizados por essa gente! Se a justiça vira as costas para a vítima do crime, pra quê justiça?
Sem Direito, sem Estado!
Sem pena, sem justiça!
Sem justiça, sem liberdade!
Sem liberdade, escravidão!

Para os encastelados em castelos de vidro

Observador.. (Economista)

O dia-a-dia dos mais pobres tem "lei e ordem".
Lei do mais forte e ordem de quem controla os outros pelo terror.

https://extra.globo.com/casos-de-policia/traficantes-da-vila-kennedy-laboratorio-da-intervencao-incentivam-roubos-proibiram-uber-na-favela-22466991.html?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=Extra

Gramsci aplaude

Observador.. (Economista)

Acho até que nem deveriam mais processar o julgar, para não constranger quem não cumpre a lei e a ordem.
Lei e ordem.Duas palavras agressivas neste país.
Não é à toa que chegamos onde chegamos.
Não é acaso , é método.

Pensar nas vítimas, no cidadão-contribuinte, sempre constrangido e com medo....pensar nele para que?
O "cool" (como dizem os mais jovens) é importar teorias, mostrar humanidade para com os lobos.
Na fábula brasileira, os cordeiros são opressores. Por isso, na mente de alguns, os sinos jamais devem dobrar pelas vítimas.

Faltou um "s"

E. COELHO (Jornalista)

Seria melhor colocar tornozeleira nos otários, isto é, nas vítimas, pois já estão estigmatizadas.

Coloca nos otários ...

E. COELHO (Jornalista)

Seria melhor colocar tornozeleira nos otários, isto é, nas vítimas, pois já estão estigmatizada.

Abuso de autoridade

ponderado (Funcionário público)

O afastamento de fiscal é somente da fiscalização e não das funções públicas, e isso deve ocorrer por prazo determinado: até a data da audiência instrutória. É q o agente acusado pode exercer atividade em outras secretaria que nada tenha a ver com a de origem (em nome do interesse público). Lembrando que em direito público a autoridade pública tem que fazer somente aquilo a lei autoriza, ou seja, a decisão ñ pode ser ao seu bel prazer.

Abuso de autoridade

ponderado (Funcionário público)

O afastamento de fiscal "ad eternun" é ilegal. A lei manda afastar somente da fiscalização e não das funções públicas, que inclusive podem ser exercidas em outras atividades secretarias em nome do interesse público. E o prazo fatal se estende da data do fato é até a audiência de instrução e julgamento.

Tornozeleira estigmatiza acusado, diz juiz ao suspender uso

Renato Adv. (Advogado Autônomo - Civil)

Tornozeleira estigmatiza acusado, diz juiz ao suspender uso de equipamento. = = = O Brasil, o Cidadão, a Ordem, a Lei, para que se preocupar não é? Essa baderna vem desde o descobrimento..... Ficarmos Indignados e surpresos para que não é? Até o nome do país "Brasil" soa estranho...

Viva o ladrão

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

Como mjá se disse, ser honesto no Brasil é de mode.

é o fim do mundo

daniel (Outros - Administrativa)

e o coitadismo de bandido elevado ao quadrado....

Desgarrado da manada.

olhovivo (Outros)

Dá um pouco de alento ver que ainda há juízes que não aderiram à manada, aquela composto dos juízes que querem ser Moro,

Conivência criminal.

Professor Edson (Professor)

Daqui a pouco o paciente só poderá responder por um crime depois do trânsito em Julgado.

O ultimo que sair, roube a lampada.

Evandro Batistello (Outros)

Zaffaroni afirmou em palestra que toda pena é Direito penal do inimigo, perder tempo para quê sendo honesto então? O preço da proteção é a obediência, Hobbes choraria ao conhecer nosso Direito Penal. Bela geração que possui apenas direitos desvinculados de obrigações. Viva Zaffaroni, viva Ferrajoli, viva mas não morra.

O processo

Sergio Battilani (Advogado Autônomo)

Kafka iria mais longe: o próprio processo estigmatiza!

Então que sejam extintos os processos! Resolvido!

Comentar

Comentários encerrados em 15/03/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.