Consultor Jurídico

Notícias

Árvore envenenada

Provas obtidas em casa invadida com base em mandado coletivo são nulas

Comentários de leitores

6 comentários

Não deveria perder tempo, mas vão aí casos da SCOTU

Ramiro. (Advogado Autônomo - Criminal)

Eu não deveria perder meu tempo com gente que se julga grandes sabedores do direito dos EUA, e na verdade desconhecem o que seja a SCOTUS, as Federal Rules of Evidence, e a Jurisprudência da SCOTUS.

Recentemente vemos uma teratologia que só poderia vir do STJ, o policial sente o cheiro de maconha, e aí autoriza a invasão. Refuta-se, e demonstra-se a teratologia por julgado da SCOTUS.
Florida v. Jardines,
569 U.S. ___ (2013)
A polícia da Flórida usou cães farejadores e adentrou na casa do sujeito. As provas de tráfico foram anuladas pela Corte de
Apelação do Estado e mantida pela SCOTUS.
Enfim... aqui defendem o common law da gestapo...

Leiam o artigo do Gabeira

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

A melhor análise que li até o momento sobre essa situação está no artigo do Gabeira, "A Luta Contra Fantasmas", publicado em seu blog
www.gabeira.com.br/a-luta-contra-fantasmas/

Nota da Redação - comentário ofensivo Comentário editado

hammer eduardo (Consultor)

Comentário ofensivo removido por violar a política do site.

Censura da Conjur

Karlbrochier (Serventuário)

Já percebi que sou censurado nessa página.
Enfim, mas vale dizer que o mandado de busca e apreensão coletivo não é proibido por lei, inclusive foi utilizado para prender o Elias Maluco em 2002, já sob a égide desta constituição. O que há é uma má vontade terrível e muito suspeita de livrar os cariocas do terror do crime.

Não se pode falar em garantir o Estado Democrático de Direito sem antes livrar os civis da opressão do poder paralelo. Não há que se falar em Estado Democrático de Direito se sequer temos o direito de ir e vir garantido! Infelizmente o Estado está abrindo mão de garantir esse direito! O Estado, através do TJRJ, está sendo omisso e com suas decisões absurdas, garantindo que criminosos continuem operando livremente nas comunidades substituindo o poder Estatal, punindo com tortura e morte o povo!

Estamos num Estado de exceção, mas o TJRJ se recusa a reconhecer isso!

Facilitação ao crime

Karlbrochier (Serventuário)

Vivemos tempos de omissão estatal grave contra a criminalidade.
O tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, ao contrário do TJSP sempre foi leniente, brando e permissivo demais com a criminalidade. Não atoa a violência aumenta cada vez mais ao contrário de SP que está muito mais controlada. Levaremos anos para mudar essa cultura de justificação e permissividade a malandragem e controle e limitação a atuação estatal no combate ao crime em terras cariocas.

pobres traficantes vitimas da poicia

Izaias Góes (Advogado Autônomo - Criminal)

“Ainda que a diligência apresente resultado positivo, não torna válida o ato abusivo e ilegal, pois é inadmissível que as garantias constitucionais da intimidade e da inviolabilidade do domicílio estejam sujeitas a meras suspeitas”, declarou o desembargador. Claro...não haviam indícios...só drogas e armas. As garantias constitucionais dos "suspeitos" são mais importantes do que a segurança da população...vejo uma coisa branca no nariz desse juiz...será talco ? vejo a conta gorda e o bolso cheio...serão papéis ? Vejo inocentes mortos todos os dias...é mentirinha...é calúnia dessa imprensa golpista.

Comentar

Comentários encerrados em 10/03/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.