Consultor Jurídico

Mercado Jurídico

Por Sérgio Rodas

Blogs

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Negociação direta

Com 80 mediações com credores, Aralco tenta encurtar recuperação judicial

Quase 80 credores da Aralco Indústria e Comércio, em recuperação judicial, manifestaram junto à administradora judicial Capital Administradora o interesse em participar da mediação de seus créditos, que ocorrerá nesta segunda-feira (21/5) e terça (22/5), em Araçatuba (SP).

As mediações foram agendadas diretamente entre os representantes dos credores e a Capital e ocorrerão das 13h às 18h desta segunda e, no dia seguinte, das 9h às 18h, sempre no escritório local da administradora.

De acordo com Claudio Montoro, fundador da Capital — que propôs o procedimento de mediação no bojo do processo de recuperação da empresa sucroalcooleira e foi atendido pela Justiça —, a ideia é encurtar o tempo necessário normalmente ao reconhecimento dos créditos.

Montoro lembra que em 2014, portanto, antes da entrada em vigor do atual Código de Processo Civil, que prevê mediações, a Capital já adotou com sucesso tal mecanismo no processo de recuperação da própria Aralco.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 21 de maio de 2018, 12h03

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 29/05/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.