Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Luto no Judiciário

Morre Marcelo Pimentel, ex-presidente do TST e ministro do Trabalho

Ex-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, o ministro aposentado Marcelo Pimentel morreu nesta quinta-feira (3/4), aos 92 anos. Ele já estava há uma semana internado por causa de pneumonia. O magistrado deixa a mulher, Eliana, dois filhos, Sérgio e Patrícia, e netos.

Além de presidente do TST, Marcelo Pimentel foi ministro do Trabalho durante o governo de Itamar Franco. Reprodução 

O velório será na manhã deste sábado (5/4), no saguão do bloco B do TST, a partir das 10h. De acordo com a família, o corpo será cremado.

Marcelo Pimentel nasceu em Vitória, em 13 de setembro de 1925. Formou-se na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro em 1949. Como oficial de gabinete, trabalhou com os ministros da Justiça Tancredo Neves, Marcondes Filho, Menezes Pimentel e Nereu Ramos.

Foi consultor jurídico do Ministério do Trabalho e Previdência por 18 anos, até ser nomeado ministro do Tribunal Superior do Trabalho. Presidiu a 2ª Turma do TST por mais de cinco anos.

Tornou-se corregedor-geral da Justiça do Trabalho em 1982, permanecendo no cargo até 1984, quando passou a exercer a Vice-Presidência do TST. De 1986 a 1988, foi presidente do tribunal.

Pimentel aposentou-se em maio de 1994. Durante o governo Itamar Franco (1994-1995), exerceu o cargo de ministro do Trabalho. Desde então, atuava como advogado em Brasília.

O presidente do TST, ministro Brito Pereira, divulgou nota lamentando a morte de Pimentel. “Como presidente do TST, o ministro Marcelo Pimentel teve uma atuação firme em defesa da Justiça do Trabalho. Fez um forte trabalho junto às lideranças na Assembleia Nacional Constituinte em favor da manutenção da Justiça do Trabalho, o que contribuiu muito para o fortalecimento do Direito do Trabalho”, afirmou.

Revista Consultor Jurídico, 4 de maio de 2018, 11h52

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 12/05/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.