Consultor Jurídico

Notícias

Foro ignorado

2ª Turma do STF anula busca na casa de Gleisi, decretada por juiz de 1º grau

Comentários de leitores

6 comentários

Fim dos privilégios

Servidor estadual (Delegado de Polícia Estadual)

A imunidade deve para votos e palavras e não para abrigar vilanias. Reforma constitucional já!!!

Infeliz Pátria minha !!!

serok (Prestador de Serviço)

Lamentavelmente esse STF que encontra-se instalado no poder não é o meu, creio que também não o teu, enfim do nosso país, outrora chamado BRASIL, oficialmente República Federativa do Brasil.
Digo outrora, pois não sei como chamam a minha Pátria / Nação nos dias de hoje; pelo simples fato de que " esse " STF que temos, para mim continua significando apenas e tão somente, simplesmente mais uma entre tantas outras siglas que predominam em nosso universo de denominações institucionais e/ou empresariais.
Infelizmente nos dias de hoje :
STF – Serviços de Trambiques e Falcatruas
Gloriosamente outrora:
STF – Supremo Tribunal Federal
Criado após a Proclamação da República, sendo a mais alta instância do poder judiciário da Nação acumulando tanto competências típicas de uma Suprema Corte, ou seja, um tribunal de última instância, como de um Tribunal Constitucional.
Sua função fundamental e institucional é de servir como guardião da Constituição Federal da Nação.
Que à suas decisões não cabem recursos a nenhum outro tribunal.

Ao senhor Olho Vivo.

Neli (Procurador do Município)

O ministro Facchin não é herói de ninguém.
Ele apenas está cumprindo o que diz a Constituição. Interpretando-a e bem.
A Constituição não pode ser interpretada ao pé da letra, literalmente, gramaticalmente, por palavras visando um escoteiro artigo ou inciso. Ela deve ser interpretada no todo com seus princípios.
E não apenas, repiso-me, uma parte.
No caso em foco, parece-me que foi criado um tipo de imunidade: imunidade ao marido. Isso não existe na Constituição. Parentes de políticos imunes constitucionalmente não têm imunidade.
E o senhor parte para o xingamento!
Aprendi, em meus 50 anos de trabalho (em prol da Humanidade!), dia 17 de junho passado fez 50 anos que iniciei minha vida profissional. Tinha 15 anos,15 de junho de 1968, fui balconista da Kopenhagem!
Mas, tornando-me ao foco, aprendi em minha vivência laboral, desde meu mais singelo emprego (pacoteira-2º emprego), até o mais alto, quem xinga ou:
a) não conhece a língua portuguesa e seus ricos vocábulos;
b) não sabe argumentar;
c) não tem argumentos que possa refutar o ponto de vista contrário.
Data vênia.
Por fim, meu único herói em Direito se chama:
Hans Kelsen e se ele fosse brasileiro e vivesse, aqui e agora, mudaria a sua teoria...

Data vênia!

Neli (Procurador do Município)

Data vênia, divirjo-me da r. decisão. A imunidade constitucional é para o eleito e não para marido ou mulher.
Se a interpretação, com a devida vênia, for diferente, a Augusta Corte acabou de criar novo tipo de imunidade parlamentar: para a família do político.
Ademais, insta-se anotar, anular as provas?
E os prejuízos sofridos, com o ato ilícito que teria sido praticado pelo "novo imune" vão para o erário?E as provas colhidas serão imprestáveis? Mas, e o ato ilícito que teria sido cometido deixou de valer?
Não compreendo!
Ademais, se for para interpretar a Constituição literalmente(e nesse caso foi criado uma Norma), data vênia, qualquer aluno do 1º ano do Direito o fará. Ou mesmo um computador previamente programado. Não há necessidade de ter excelentes Juristas e grandes estudiosos na Corte Suprema. E, nem essa Augusta Corte.
Data vênia.

2ª Turma do STF anula busca na casa de Gleisi

Renato Adv. (Advogado Autônomo - Civil)

2ª Turma do STF anula busca na casa de Gleisi = = O relator, ministro Dias Toffoli, disse que "a diligência ordenada = = = Quanta Obediência ao P.T tem o Ministro Toffoli e seus três ou quatros amigos ao colocarem na rua criminosos conhecidos.
Bem de alguma forma ou outra, eles, que não foram Eleitos por votos, tem o dever de ofício de agradecer as nomeações tirando das cadeias, aqueles que os ajudaram a serem NOMEADOS, INDICADOS para os cargos. Coitado do Brasil.
Não demora Muito, é possível que mandem Processar e Prender o Juiz Moro. Vergonha Nacional.

Fachin, o herói da galera ignara

olhovivo (Outros)

Está claro como a luz solar que esse sujeito, FACHIN, tem como principal preocupação ser visto como herói da turba e não a de fazer valer as regras processuais e constitucionais. Nomeado para o STF pelo PT e apoiado pela JBS... deu nisso.

Comentar

Comentários encerrados em 4/07/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.