Consultor Jurídico

Notícias

Violação da honra

Frota é condenado a indenizar juiz de São Paulo em R$ 50 mil por ofendê-lo

Comentários de leitores

6 comentários

Frota

O IDEÓLOGO (Outros)

Frota vai abrir um pedido de auxílio na internet para pagar a condenação.

Mero Aborrecimento?

Bruno Campelo (Administrador)

ora não seria o caso do mero aborrecimento, e que a sentença não pode gerar enriquecimento ilícito?, usando as palavras deles mesmo! não vislumbro algo aqui que gere um dano maior e 500 pila ta bom demais pro cafezinho.

_Eduardo

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

_Eduardo
Vc disse:
"Enfim, para cada caso uma solução de acordo com os critérios já bem sedimentados na jurisprudência."
.
Poder econômico do ofensor? Estranho pois, os magistrados, em regra, NUNCA levam em consideração o poder econômico do ofensor, para arbitrar dano moral (quando arbitram. Que bom se aqui fosse os EUA... os que sofreram por dano moral, seriam mais felizes) e sim o famigerado e nocivo "mero aborrecimento" (já ouviu algum juiz pedir dano moral e ouvir do colega foi nada, apenas "mero aborrecimento"?), "faz parte do dia a dia do cidadão" e outras baboseiras clássicas emitidas por alguns magistrados sem noção, para não arbitrar dano moral. Afinal, não é o magistrado que passou pelas angústias,, etc... Logo, se não foi o magistrado que sofreu o dano, que se lixe a dor do outro.
.
Os critérios sedimentado pela "jurisprudência" é, para os inimigos (os outros) nada, para os amigos (colegas de magistratura), o "peso da caneta". Vergonha. Aliás, é mais que compreensível que a credibilidade do Judiciário e, consequentemente dos magistrados (em regra), está no ralo.
.
https://politica.estadao.com.br/blogs/fausto-macedo/confianca-no-judiciario-e-de-apenas-29-da-populacao-diz-fgv/
.
Conforme pesquisa acima, de 10 brasileiros 7 NÃO CONFIA NO JUDICIÁRIO. Lamentável. Mas o Judiciário não está preocupado com a reputação dele. Aliás, não conheço um magistrado que se preocupe com isto...

Carlos

_Eduardo_ (Outro)

Certamente não. Mas há de se verificar a o grau de repercussão do caso (extensão do dano) ; a exposição a que a vítima foi exposta e também a capacidade econômica das partes, especialmente do ofensor. Há, ainda, outros critérios. Enfim, para cada caso uma solução de acordo com os critérios já bem sedimentados na jurisprudência.

50 mil? Enriquecimento indevido

Carlos (Advogado Sócio de Escritório)

Ora, porque não 10 mil reais de condenação (ao que parece, TABELARAM O VALOR DE DANO MORAL PARA juízes)? Valor este (quando não dizem alguns magistrados, que não tem PROVA do dano moral.rsss), visto diariamente em condenações por dano moral.
.
A moral do juiz vale mais que a dos demais cidadãos?

Comentário!

Marcelo-ADV (Outros)

Alexandre Frota errou.

Se tivesse jogado tomates, aí estaria tranquilo.

Comentar

Comentários encerrados em 16/06/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.