Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Perigo de vírus

Baseado em dica do FBI, MP-DF recomenda que roteadores sejam reiniciados

Após o FBI ter identificado um risco de contaminação por vírus em roteadores, o Ministério Público do Distrito Federal agora recomenda medidas de segurança para a população brasileira. Segundo a Comissão de Proteção dos Dados Pessoais do MP-DF, todos os proprietários brasileiros devem reiniciar os aparelhos para interromper temporariamente o vírus, chamado de VPNFilter. 

O MP-DF recomenda, ainda, a desativação das configurações de gerenciamento remoto e o uso de senhas fortes. Também é importante atualizar o software (firmware) do roteador.

Os aparelhos infectados podem coletar dados pessoais, bloquear o tráfego de internet e direcionar os usuários para sites falsos de instituições bancárias e de comércio eletrônico. 

No dia 25 de maio, o FBI emitiu alerta público sobre a infecção de roteadores pelo vírus VPNFilter. Desde setembro de 2017, o MP-DF investiga fraudes bancárias, como estelionatos e furtos, cometidos por meio de roteadores infectados.

Para o advogado especializado em tecnologia Omar Kaminski, "a notícia evidencia a necessidade de mais interesse e educação por parte dos usuários de internet". "É desejável que se leia manuais e se saiba como proceder em muitas situações que envolvem software e hardware, pois cada vez mais dependemos das máquinas e conexões para realizar tarefas básicas e mesmo profissionais", afirma.

O Ministério Público está trabalhando em parceria com a Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos da Polícia Civil. A investigação é sigilosa. Com informações da Assessoria de Imprensa do MP-DF. 

Clique aqui para ler o alerta do MP-DF.
Clique aqui para ler o alerta do FBI (inglês).
Clique aqui para ler o alerta do Departamento de Justiça dos EUA (inglês).

Revista Consultor Jurídico, 7 de junho de 2018, 17h21

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 15/06/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.