Consultor Jurídico

Retrocesso eleitoral

STF considera voto impresso atraso no processo de apuração das eleições

Retornar ao texto

Comentários de leitores

16 comentários

Quem é o STF para contrariar a LEI.

Rogério Maestri (Engenheiro)

Este país está ficando uma verdadeira SURUBA constitucional, a que chamam de corte suprema decide se uma lei é ou não possível conforme a cabeça de meia dúzia de pessoas que não entendem nada de software e hardware de computadores, dizem que imprimir o nome dos candidatos que a pessoa votou é violar o voto, a partir do que, do achismo de juízes?

Muito estranho mesmo !!!

Serok (Prestador de Serviço)

Quando das últimas eleições presidenciais, onde foram apresentadas reais provas de burla do sistema, assim como fotos de urnas e comprovantes de votação queimados e jogados no mato, configurando claramente que houvesse a intenção de que fossem alterados os resultados em favor do partido, juntamente com seus apoiadores que encontravam-se no poder; nada foi feito pelo então ministro e presidente do Tribunal Superior Eleitor, José Antonio " Dias Toffoli ", conhecido devido à sua ligação com o partido em questão.
Pelo andar da carruagem, até aos dias de hoje, pelo visto, continua-se na mesma ladainha, por não haver interesse que se resolva o problema em favor da Nação, mas sim, que se continue em favor dos interesses dos próprios " ilibados " políticos e seus " nobres " partidos.
E agora, ainda depois de todos os acontecimentos, o TSE ainda acha-se no direito de rechaçar o nosso direito de que tenhamos " de fato " e " de direito ", o poder de controle de sobre nossos votos; por não mais acreditarmos no dito Sistema Eleitoral, que nos é impingido " goela abaixo ".

Infelizmente, " SIM AO RETROCESSO " eleitoral !!!
Para quem desejar ver algo à respeito, links abaixo:
https://www.youtube.com/watch?v=XcOe5Mn9ZKA
https://www.youtube.com/watch?v=8fDfvwpDor4

atraso do brasil 2

Cau Toledo (Outro)

Seria interessante que houvesse concurso para este cargo, com tempo de permanência de, no máximo, dez anos no cargo, com conhecimento e experiência na área. Nos mesmos moldes que para um concurso de juiz federal ou mais...Teríamos uma renovação constante. Do jeito que está, sim, é um atraso e mais ainda quando há participação do Legislativo e Executivo no processo de escolha/nomeação. Essa estrutura remonta à época de império no Brasil, quando os mais altos cargos eram ocoupados por membros da elite, nomeados pelo imperador. Então, será que o Judiciário é independente!? No presente momento o que se vê é a defesa de interesses obtusos e contrários ao interesse da população, detentora do poder constituinte originário (será!?). Num momento em que é necessário mais transparência no processo eleitoral e em outros setores, a instituição em questão apoia possíveis "falhas do sistema" (pra não dizer outra coisa...). Assim, é inquestionável que a corrupção já galgou outros patamares...

Decisão teratológica. Impressiona que seja da Corte Suprema.

Samuel Pavan (Advogado Autônomo)

Mistura de ativismo com erro judicial. E gestado pela cada vez menos prestigiada Procuradoria-Geral da República.

Primeiro, porque é patente que o Congresso legislou dentro de seu campo constitucional de atuação. Qual é a inconstitucionalidade formal ou material da lei?! É preciso forçar MUITO a mão para dizer que há violação da Carta da República.

Segundo, porque se há inconstitucionalidade na impressão do voto então as eleições anteriores à urna eletrônica foram todas (ainda mais) inconstitucionais, uma vez que o voto era exclusivamente feito em impresso. O alegado risco de violação ao sigilo do voto era obviamente muito maior.

Não tem jeito. Por qualquer prisma, essa decisão é uma aberração.

Está tudo errado. Já começa pela obrigatoriedade do voto. Direito obrigatório. Paradoxal.

Se continuar assim, melhor fechar o Congresso e dar logo ao STF todo o Poder Legislativo. Será uma ditadura togada, uma juristocracia. Praticamente já é mesmo. Ao menos será mais barato.

Gravíssimo

Resec (Advogado Autônomo)

Se há dúvidas e suspeitas quanto à possibilidade de fraude, o TSE deveria determinar a utilização do voto no papel, sim retroceder, porque questão de segurança e transparência. Talvez uma paralisação geral faça esses vagabundos respeitarem mais a sociedade.

Quem eles pensam que são?

Rommel Andriotti (Advogado Associado a Escritório - Civil)

Afinal, a Constituição que o STF tanto "defende" instituiu uma democracia ou uma aristocracia? Hoje somos verdadeiramente governados por um areópago! E isso é constitucional? Penso que não. A todo o tempo o STF atropela o executivo e o legislativo como se isso não fosse nada. Essa decisão claramente possui valor de decisão política, pois avalia conveniência e oportunidade.

Trabalhando ainda para seus coroneis

daniel keslly (Contabilista)

Moderno mesmo é o cabresto, não apenas para o povo, mas para os jagunços togados, em favor de seus bem feitores.

Não a corrupção

Silva Cidadão (Outros)

Essa decisão, embora muitos não concorde, pode ser vista como um 'NÃO A CORRUPÇÃO", pelo menos nessa eleição, por impedir que empresa já pré vitoriosa, em processo de licitação fraudado, venha fornecer as milhares de impressoras tão defendidas pelo Gilmar Mendes.

Stf - tribunal político

Ewagner Abreu (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Antes dessa nefasta e infeliz decisão do STF que derrubou o voto impresso nas eleições de 2018, o povo brasileiro tinha uma quase certeza de que o Brasil poderia sair desse lamaçal de CORRUPÇÃO NOS TRÊS PODERES, Executivo, Legislativo e Judiciário. Agora o povo terá a plena certeza - eu me incluo nesse contexto - de que o Brasil não tem mais solução. Solução para a (i)moralidade e corrupção na administração pública em todos os sentidos, em todos os poderes.
Se a parcela esclarecida (não alienada) do povo brasileiro tinha uma grande desconfiança de fraude nas urnas eletrônicas nas últimas eleições, notadamente, em 2014, agora, depois dessa decisão ao STF de enterrar de vez a implementação da voto impresso, não restará nenhuma dúvida de que o processo de eleição no Brasil via urna eletrônica é FRAUDADO.
Não se admite numa democracia eleições sem uma auditoria por contagem de votos.
EU TENHO VERGONHA DO TSE, PGR E PRINCIPALMENTE SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.
EU NÃO CONFIO NAS INSTITUIÇÕES PGR, TSE E STF.
O STF É UM TRIBUNAL EMINENTEMENTE POLÍTICO.
QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA E AJUDE O POVO BRASILEIRO.

O STF está brincando com fogo

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Sugiro que os Ministros do STF passem algumas horas vendo vídeos e postagens no Twitter, Facebook e youtube.

Uma vergonha

Observador.. (Economista)

Indefensável e inexplicável.
E todos sabemos. Absolutamente todos.

Aguardaremos as eleições para assistir o que ocorrerá.
Acho que alguns não entenderam que a insatisfação de grande parcela do povo pode jogar o país no abismo, e continuam esticando a corda.
Há pessoas que realmente acreditam que podem tudo e nada, nunca, ocorrerá.
Ninguém aprendeu nada com o o ocorrido durante a chamada "greve dos caminhoneiros"?

Afronta à soberania popular

Rivadávia Rosa (Advogado Autônomo)

Nada que dê mais transparência e segurança ao pleito fere a Constituição na medida em que ela representa a vontade/soberania popular.

Por outro, lado tudo que possa representar restrição à SOBERANIA POPULAR - exercida pelo cidadão mediante o sufrágio universal e pelo voto direto, secreto e obrigatório, com valor igual para todos, é, isso sim, inconstitucional.

Ademais, a soberania popular não pode ficar mercê de quem conta os votos, expressa pela fórmula stalinista: “Aquele que vota não interessa. Tem o poder aqueles que contam os votos”.

Stf - o atraso do brasil

Péricles (Bacharel)

Quando o legislador trabalha corretamente ao legislar o que é correto e de interesse público, vem o stf, cujos ministros são escolhidos a dedos pelos governantes corruptos, e cumprem um ativismo judicial, ameaçando a verdadeira representatividade da sociedade brasileira.
A quem interessa agir dessa maneira? Aos progressistas de plantão, engendrados na máquina pública para continuar a dominação espúria do povo pagador de impostos?
O stf tem se comportado de modo dissoluto em relação aos interesses da nação.

Me engana

Ian Manau (Outros)

Retrocesso eleitoral? Sério, mesmo? Eu já andava pensando em anular meus votos este ano. Agora, tenho certeza de que o farei...

Deveriam Submeter para Votação se o Tesla é atrasado também

Bruno R Silva (Técnico de Informática)

Existem três gerações de urnas eletrônicas.

A de primeira geração, chamada de DRE, é uma urna eletrônica pouco confiável, pois depende totalmente de seu software. Assim, fica à mercê de fraudes com relativa facilidade. A primeira geração é usada SOMENTE no Brasil nos dias de hoje.

A de segunda geração, chamadas de "Independent Voter-Verifiable Record (IVVR)" imprime o voto num papel e o deposita em outra urna. Isso tira a dependência do papel. é usada em países como Estados Unidos, Canadá e Argentina.

A urna de terceira geração está em fase de testes e existe mais de um modelo. O melhor deles já foi testado em eleições reais no estado americano de Maryland. Esse modelo usa criptografia para registro dos votos. é o mais seguro do mundo até agora.

O governo brasileiro deveria colocar em votação para considerar ou não se os carros da Tesla são atrasados, pois o nosso organizado e desenvolvido país não pode deixar essas tecnologias atrasadas entrarem aqui!

Um mero atraso imperdoável

Professor Edson (Professor)

Interessante, o STF preocupado com atrasos e prazos.

Comentar

Comentários encerrados em 14/06/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.