Consultor Jurídico

Notícias

Outros requisitos

Ser réu primário e ter bons antecedentes não garante revogação de prisão preventiva

Comentários de leitores

5 comentários

Bandidos velhos!

Almanakut Brasil (Jornalista)

Tem muitos bandidos que são sobreviventes do Regime Militar, o brando, a "ditadurinha" que não fuzilou seus opositores no paredão, como fizeram as DITADURAS comunistas, e voltaram para saquear o Brasil, sem dó e nem piedade!

E vão continuar vivinhos da silva, até a hora em que o Inferno vier buscá-los!

Responder

Iludido advogado autônomo

Iludido (Advogado Autônomo - Civil)

Em principio seria assim. A lei é apenas um indicativo do dever ser. Nunca somos iguais. Em toda ação dentro de uma ação externa, temos o indicativo do subjetivismo. É natural e próprio. Não seria em tese uma plasticidade da lei. Mas, uma aplicação congérie. Você olha para o seu semelhante e o vê diferente do anverso. Se a lei fosse um molde ela seria injusta. Todos como iguais seria um erro assustador. Desiguais, seria o mais lógico para a justiça ideal. Mas, mesmo assim, pode haver injustiça sim. É a margem do erro humano próprio da espécie levada em consideração para que se possa realizar o possivelmente impossível. Pode haver também uma politica disfarçada por interesse que pode ser desconhecida. Fatores internos do sentimento humano o medo. A culpa a dúvida. Enfim, uma resposta necessária a um fato ilegal.

Responder

... depois de quase 130 anos um juiz ...

Luiz Eduardo Osse (Outros)

... chegar a uma conclusão óbvia dessas, é sinal de que a nossa justiça não está enferma .... já morreu e nem sabe disso ... pobres de nós, brasileiros ....

Responder

Pastores

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Eles já encontrarem o próprio inferno. Belzebu será companhia eterna dos gentis pastores.

Responder

A justiça...

S.Bernardelli (Funcionário público)

A justiça virou uma baderna. Se prende por qualquer coisa, até se roubar a galinha do vizinho ou o pãozinho da padaria. Tudo errado - trágico.

Responder



Comentar

Comentários encerrados em 31/07/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.