Consultor Jurídico

Comentários de leitores

133 comentários

Vergonha alheia.

Samuel Pavan (Advogado Autônomo)

Candidato a pior texto da vida de Lenio Streck. Escrito com o fígado, não poderia ser diferente.

Professor, como já disse outro comentarista, o senhor é (muito) melhor do que isso! Este país precisa de bons juristas, jusfilósofos, o senhor sabe muito bem disso, não de "juspolíticos"!

Por favor, inclua ao lado da (brilhante) defesa que faz da separação entre Direito e Moral a defesa da separação entre Direito e ideologia política.

Crepúsculo de um ídolo

edney da silva brandao (Funcionário público)

Lênio Streck, o homem que fala de todas as decisões teratológicas não deu um pio sobre a decisão de Favreto. Não disse nada sobre
1) suspeição (o desembargador foi filiado ao PT POR 21 ANOS);
2) incompetência, (o juiz natural seria Gebran Neto ou o STJ);
3) o desembargador decidir no plantão sobre um caso que já passou por vários tribunais (O próprio TRF 4, STJ, STF);
4) o desembargador inventar um fato novo que todo mundo já sabe há 2 anos: Lula é candidato;
5) conceder a liminar em HC com base numa tese inédita, qual seja, preso condenado em segunda instância, inviabilizado pela Lei da Ficha Limpa precisa sair para fazer campanha. Onde foi está o fumus bonis iuris para condecer uma liminar deste jaez? Existe fumaça do bom direito numa tese nunca defendida?
6) Finalmente, qual é a urgência de soltar um preso condenado em segunda instância, eportanto inelegível pela Lei da Ficha Limpa, para fazer campanha se a campanha nem começou?
O silêncio de Lênio Streck nunca gritou tanto!!

Observador...

Luiz Holanda (Juiz Estadual de 1ª. Instância)

Brilhante o seu comentário. O pior é que o Lênio, como vários outros desse meio, é incapaz de autocrítica. Nunca vi, em nenhuma de suas colunas, fazer a menor reflexão sobre qualquer um dos absurdos cometidos pelo Partido Político que ele milita.

Hoje, a coluna Senso Incomum, que já ensinou tanto, serve apenas ao Lênio e mais ninguém.

Professor

Observador.. (Economista)

O Senhor é melhor que isso!
A tática "xingue-os do que você é, acuse-os do que você faz", não lhe cai bem.

Esses personagens da sua distopia, que o senhor ataca com tanta sofreguidão, são só isso. Personagens.

Quem desviou dinheiro e deixou o povo morrer em hospitais não foram seus personagens.
Quem comprou dos americanos uma refinaria falida e pagou peso de diamante (ouro é muito pouco) idem.
Quem aparelhou o Estado e o transformou em propriedade privada (apesar de atacar o capitalismo) também.
Quem mandava dinheiro do povo brasileiro para obras de ditaduras amigas todos sabem quem foi.
Quem transformou o Brasil em um celeiro de bandidos, com mais de 60.000 homicídios/ano, não foi a "bancada da bala". Foi a bala de bandidos mesmo.
Quem foi funcionário e tentou soltar a pessoa a quem admira ideologicamente não foi a Dra. Janaína, por mais que má vontades não queiram enxergar isso.
Nosso ensino passou a ter as piores notas mundiais.Há muito ensinam ideologia, não matemática nas escolas públicas.
Tudo isso foi feito por pessoas reais, que tiveram mais de década a chance de mudar o Brasil para melhor; em vez disso, usam a falácia do espantalho para que o foco não sejam os absurdos, desmandos, roubos e o manejo das leis em benefício das pessoas que atendem (ideologicamente ou por terem colocado parentes em cargos elevados etc) interesses particulares.
Há muito o povo tentou ir para as montanhas.
Não conseguiram.
Foram mortos no caminho, perderam empregos e não tem nem como sair das suas casas.Não conseguem estocar comida. Ficou cara.
A intelligentsia ataca quem produz, fazendo crer que há pé de comida ao lado dos supermercados.Não há.
"A arrogância e a ausência de humildade selaram seu destino" .
Deveria ser o lema da nossa bandeira.

E o fraveto????????

O PROFETA (Advogado Autônomo)

Dr. Lenio, por favor, me comente um habeas concedido tendo como fato novo uma pré-candidatura?
Se Marcola e Beira-Mar, forem pré-candidatos, caberia deferimento do HC?
Não se omita Dr. Lenio, comente!!!!!!
Faltou a Lula e Dilma a visão de indicarem Dr. Lenio como Ministro do STF!!!
Seria o Fraveto deles lá!!!!!!!!

Lenio Orwell? Aldous Streck?

John Paul Stevens (Advogado Autônomo)

Genial, Prof. Streck!

Um pouquinho de Black Mirror na Senso Incomum para, com a licença para um trocadilho paradoxal, trazer às claras e refletir nosso próprio fracasso vem muito bem.

Coluna ou delírio ideológico-panfletário?

DBS (Assessor Técnico)

Achava eu que as colunas do Lenio já estavam ruins, eivados de ideologia de esquerda, mas essa de hoje superou todas as minhas expectativas!

Uma das colunas mais patéticas que já li nesse site. Quando vi alguém compartilhando o seu bizarro conteúdo na internet, pensei que era apenas mais uma loucura escrita nesses veículos de informações puxadinhos do PT, como Carta Capital, DCM et caterva.

Mas não, era apenas mais um delírio ideológico-panfletário de Lênio Streck.

Composição do NSTF

Paulo Moreira (Advogado Autônomo - Civil)

Que ''figuraças'', hein? Com tais seres no STF a ida para Estocolmo estará garantida. Não para ganhar o Nobel, mas para ir morar lá de uma vez e não voltar pra cá nunca mais.

Até Lênio?

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Até Lênio se rendeu ao nível intelectual de Observador? Não acredito! Onde está a epistemologia? Onde está a teoria da decisão? Leitores do nível de Observador irão ao delírio com o Senso Incomum de hoje: é nível de conversa de botequim.
Já vou adiantando: não me identifiquei de modo algum com nenhum dos dois comentaristas da Conjur mencionados no texto! Jamais odiei o Senso Incomum! Para acompanhar a coluna de Lênio por tantos anos sem gostar, eu teria que ser sadomasoquista, e não sou! Para provocar Lênio, vou citar o livrinho que ele finge desprezar: a Bíblia, a Palavra de Deus: "Quanto a mim, repreendo e corrijo todos os que amo." (Apocalipse: 3,19.) E ainda: "Se estais privados da correção da qual todos participam, então sois bastardos e não filhos." (Hebreus: 12,8.)
Aí está! Sigo o bom exemplo de Deus. Sempre que percebo algum erro no Senso Incomum, trato de corrigir com zelo, pois assim procedendo demonstro o apreço que tenho pelo trabalho de Lênio.
E por falar em erros de Lênio, vou revelar meu plano secreto. Planejo ficar milionário escrevendo uma enciclopédia dos erros de Papai Noel dos Pampas! A obra já vai bem adiantada, estou no oitavo volume!
Não há mais o que dizer do artigo de hoje. É artigo muito ao gosto de gente como Observador. Leitores que gostam de aparecer, como eu e o Afixa, gostamos de temas mais relevantes, como epistemologia, teoria da decisão, etc. Vamos aguardar o próximo Senso Incomum, talvez o nível das águas suba e permita maiores aprofundamentos.
Vou reler meu Rabelais.

Fraveto

acsgomes (Outros)

E eu que pensei que o Prof. Lenio ia tentar defender a decisão do Desembargador Fraveto, o tal que aceitou como fato novo algo que não era novo e nem era relevante ou que se meteu num processo cuja jurisdição do TRF4 já havia se esgotado e que já tinha até decisão do STF ou ainda que decidiu num caso que não era de urgência. Mas não, engano meu. Afinal, o indefensável não pode ser defendido. É preferível "culpar" quem contribuiu para evitar o cumprimento de tamanho "golpe".

Observador e o Evangelho... (Fim)

Pernilongo dos Infernos (Outros)

(... finalizando ...)
Percebem o motivo pelo qual Observador procura desqualificar o debate dos outros, que se interessam por aqueles assuntos? Naqueles assuntos ele jamais conseguiria ser o "marraio"!
É tudo muito desanimador! Observador não entra, porque não pode entrar nesse debate tão relevante para o Direito (embora nada signifique para o nível mental de Observador). Mas também não permite que outros entrem! Ele fica "de guarda" no Senso Incomum, impedindo qualquer elevação de nível.
Não há nada que se possa fazer. Tal como em uma corrente, cuja resistência máxima é determinada pelo elo mais fraco, o nível dos debates travados aqui, na coluna de Lênio, será determinado pelo nível de Observador, que é aquele nível que todos já conhecemos: nível de notícia de jornais, nível de conversa de esquina, nível de "Ronald Reagan".
Quem já leu um único comentário de Observador já conhece todos os outros, pois a ladainha é sempre a mesma! Mudam apenas as palavras, mas as ideias são pouquíssimas, a variação é mínima.
E ele ainda se acha muito respeitador! "O Direito que afundou a nação", escreveu ele naquele comentário. Observador faz questão de sempre escrever "Professor Lênio", como se respeito consistisse nisso. Não se enganem! O que Observador realmente pensa de todos nós, inclusive do próprio "Professor Lênio", não é nem um pouco lisonjeiro!
Fazer o quê? Fazer nada! Isso é Brasil!

Observador e o Evangelho de Mateus.

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Este comentário nada tem a ver com o texto de Lênio. É uma resposta ao último comentário de Observador (confiram no Senso Incomum de 5.7.2018).
Com palavras ásperas, Observador me acusou de ser representante dos "tipinhos que levaram nossa nação à esta tragedia" (sic: "à" craseado, e "tragedia" sem acento... Observador poderia agredir apenas a mim e deixar a gramática incólume... lamentável!).
Com serenidade, responderei citando passagem do Evangelho de Mateus, onde Jesus acusa os escribas e fariseus de "não entrarem nem deixarem entrar os que querem" (Mateus: 23,13).
Tempos atrás, quando eu ainda era Sã Chopança, Observador me acusou de ser "marraio". Só fiquei sabendo o significado após consulta ao dicionário. Pois bem, cheguei à conclusão de que Observador é quem pretende ser o "marraio" entre os comentaristas da coluna de Lênio! Isto é absolutamente freudiano: Observador viu em mim um caráter que na verdade está nele mesmo!
Observador quer ser o "marraio" das conversas que se travam aqui. O problema é que ele não consegue ser o "marraio" em conversas que ele não compreende. Gente como Habermas, Gadamer, Dworkin, etc., são para ele alienígenas do Planeta Klingon. O que faz Observador, então? Rebaixa o nível do debate! Ele desqualifica o debate dos outros, "pessoas que querem aparecer", para que o nível desça ao conhecimento dele, que é o conhecimento mediano de notícias de jornal (do tipo "Ronald Reagan", por exemplo).
É nesse nível de fundo-do-poço que Observador consegue ser o "marraio"!
(... continua ...)

Checar a fonte

Ernandes Lima (Outro)

De onde o Professor Lenio tirou a informação de que o Juiz Sérgio Moro estava em Portugal? Foi da narrativa petista? Pois um programa da Rádio Jovem Pan deu a notícia que o juiz Sérgio Moro no dia imbróglio judicial estava em Curitiba.

Comentar

Comentários encerrados em 20/07/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.