Consultor Jurídico

Comentários de leitores

133 comentários

Nivelamento por Baixo.

Pernilongo dos Infernos (Outros)

A verdade é que Observador sempre acaba puxando para baixo - para o nível dele - a qualidade dos debates na Conjur. O medíocre aguardou até o último momento da sexta para postar seu comentário, só para ficar "no topo" durante todo o final de semana. E que comentário, meu Deus! Ressuscitou a múmia do Rui, que para ele deve ser o máximo! E numa frase que na verdade se aplica ao próprio Observador, que está sempre desqualificando os debates que fogem ao seu âmbito estreito de conhecimento! É muito desagradável termos por aqui essa assombração fardada!

O pior...

O IDEÓLOGO (Cartorário)

é que a Distopia do Doutor Lenio pode se converter naprópria realidade.

Não acredito!

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Percebem como eu estava certo? O elo mais fraco determina a resistência máxima da corrente. Da mesma forma, o nível dos debates aqui é determinado pelo cretino do Observador! Não adianta espernear, acabamos debatendo a múmia do Rui Barbosa! Primeiro veio o Ronald Reagan, e agora... isso! A quintessência da sabedoria! Arghhhhh

kkkkkkk

Pernilongo dos Infernos (Outros)

São 18 horas de domingo, e Observador continua bem no topo... no topo dos tolos que levaram a sério esse bacalhau de Lênio! kkkkkkkk No topo, e na companhia do pernóstico Rui Barbosa! Meu Deus, que dupla: o desagradável Observador e o pedante Rui: "Como sempre, um deus ajunta igual com igual!" (Odisseia, Canto XVII.) Rui deve representar o máximo para uma mente tão rasa como a de Observador! O antipático esforçou-se tanto para aparecer durante todo o fim-de-semana como o primeiro da lista, planejando cuidadosamente o melhor momento de postar o comentário, pois agora coloque o chapéu de burro que lhe pertence por direito! Coloque-o, e permaneça com ele por toda a eternidade!
zzzzzzzzzzzz

Aos Jovens!

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Deixemos esse antipático Observador para lá! Sei que muitos jovens acompanham a coluna de Lênio, passarei agora a me dirigir a eles. Observador tem o pernóstico Rui Barbosa como bom exemplo. Pois aos jovens eu digo: não sigam o mau exemplo de Rui! Comparem Rui Barbosa com Machado de Assis: qual dos dois é realmente profundo? Procurem em toda a obra de Machado de Assis palavras "difíceis", talvez encontrem um dúzia, se tanto. Machado empregava palavras "fáceis". Machado não tinha necessidade de disfarçar a ausência de profundidade com o emprego de vocabulário pomposo. Machado era naturalmente profundo, sem necessidade de artificialismos. Compreendam esses versos da sabedoria milenar chinesa: "As palavras verdadeiras não são bonitas, as palavras bonitas não são verdadeiras, a habilidade não é persuasiva, a persuasão é destituída de mérito." (TAO TE KING, capítulo LXXXI). Tendo uma mente tão rasa, Observador se encanta com textos pernósticos, como aquele de Rui Barbosa. Pois eu digo, por experiência própria: a verdadeira retórica está na simplicidade, na ausência de recursos retóricos! Ao redigirem, busquem não o vocábulo enviesado, mas a palavra exata! Sejam claros ao redigirem! Não tentem ocultar com artificialismos a ausência de conteúdo! Deixem isso para gente como Observador! Sejam autênticos, como Machado de Assis! O pedantismo é logo notado, o artifício é descoberto de imediato, prejudicando assim o efeito que o autor pretendia alcançar com o texto. Buscando a clareza e a precisão no emprego das palavras, como os escritores realmente exemplares (não só Machado, mas também Graciliano Ramos), serão apreciados pelas ideias, e não por recursos estilísticos. É o conselho da experiência.

Ainda no Topo!

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Já é domingo, e Observador continua no topo. É o primeiro na lista de desatinados que comentaram esse bacalhau de Lênio. Como é tolo e vaidoso esse Observador! Aproveite, medíocre! Em breve Lênio voltará a tratar de assuntos sérios, não haverá espaço para esse marraio desagradável!
Zzzzzzzzzz

Distopia utópica

Rubens R. A. Lordello (Advogado Autônomo - Civil)

Considerando o viés ideológico, cabe perguntar se não faltou citar o volta Lulla e devolva tudo o que o você, o PT e seus correligionários roubaram.
Esclarecendo que as cuecas do dinheiro não precisam ser devolvidas.

Apoteose de Observador!

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Observador guardou a frase de Rui até o último minuto da sexta-feira. Seu plano: passar o fim-de-semana inteiro no topo dos comentaristas. No topo, e com uma citação do Águia de Haia! Pode haver sonho mais altaneiro para quem pretende ser marraio na Conjur? "Agora te mostro, mosquito do capeta, eu sei uma frase de Rui Barbosa!", pensava Observador quando postou o comentário. O que ele não percebe, e jamais perceberá, é que a passagem escolhida revela uma característica bastante peculiar em Rui Barbosa: a pernosticidade! Sim, Observador, o seu apreciado Rui Barbosa era um notório pernóstico! Ele um pernóstico de vocabulário insosso, e você uma pessoa das mais desagradáveis. Ande, vá logo pegar uma vassoura pra varrer o quartel, o brigadeiro já vai chegar. Mostre algum serviço! Zzzzzzzzzz

Nota da Redação - comentário ofensivo Comentário editado

Paulo Garcia (Advogado Assalariado - Administrativa)

Comentário ofensivo removido por violar a política do site.

O que é isso, Dr. Paulo Moreira ?

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Se quer trabalhar pela "conciliação" manifeste também sua indignação aos termos injuriosos usados pelo Dr. Lenio em seu artigo contra a Dra. Janaína Paschoal, nominalmente, contra jornalistas, também nominalmente, contra "comentaristas do Conjur", contra Bolsonaro (mas esse aguenta qualquer tranco). É certo um professor escrever artigo num site jurídico para criar "historinhas" com personagens que existem de verdade ? Se quer promover algum tipo de conciliação, dirija também críticas ao discurso de ódio do Dr. Lenio. Foi ele que começou.

Distopia

tomédesousa (Assessor Técnico)

Este artigo do Dr. Lênio está mais para profecia que para distopia. E mesma as profecias estavam envoltas nas circunstâncias que as geravam.

Para quem quiser refletir

Observador.. (Economista)

Rui Barbosa:
_"Na política brasileira avulta, há muito, a insígne classe dos insultadores, cuja política se reduz exclusivamente ao ofício de insultar. São os magarafes de certa espécie de açougues, onde se corta, na honra das almas independentes, na fama de homens responsáveis, no merecimento dos espíritos úteis, no serviço dos cidadãos moderados, o bife sangrento para o estômago da democracia feroz. Esta divindade alucinada, antípoda da democracia liberal e culta, disciplinada e humana, progressista e capaz, vive deglutindo, majestosamente, a carniça que lhe chacina a sua matilha de hienas. O furor difamatório, a vesânia vituperativa, a protérvia de enxovalhar os adversários mais limpos, com os aleives mais torpes, constituem a sua eloquência, a sua probidade, o seu patriotismo."_

Sobre a coluna...

João Ricardo 1 (Outros)

com a devida vênia, ridícula.
Nem parece artigo de quem tem tamanha qualificação acadêmica...
A ideologia acabou com o Direito...

Ressuscitou?

João Ricardo 1 (Outros)

o Armando do Prado, outrora tão presente, depois que a PF ("Avante PF", lembra?) prendeu alguns petistas, entrou na muda.
Mas quem é vivo sempre aparece, né?

Confuso...

José Augusto Urbaneja (Advogado Sócio de Escritório - Empresarial)

De tudo que vi e li o meu maior sentimento é o seguinte: minha GloboNews não é a mesma assistida pelo Professor, pois aqui sempre foi tão vermelha quanto sua logo, com pequenas e raras exceções...De qualquer forma, concordo com muito e discordo do mesmo tanto do que foi dito.

Perplexidade

Leo034 (Estagiário)

Parafraseando a Min. Laurita Vaz, o artigo do Dr. Lênio "causa perplexidade". É inacreditável ver um jurista usar um espaço de um site jurídico para falar mal e ridicularizar pessoas com as quais não concorda. O texto é totalmente ideologizado.

Fascista de estimação

Afonso de Souza (Outros)

Armando do Prado (Professor), ao espernear contra a interferência do Estado de Direito nos crimes cometidos por determinados políticos, e, logo em seguida, afirmar que "rumamos fortemente para o fascismo", termina pontificando: "Ou o país acaba com a Globo ou a Globo acaba com o Brasil". Uma proposta com tinturas fascistas, parece. Não seria isto aí um "sair do armário"?
Ah, esses professores...

Observador...

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Olha o pernilongo: zzzzzzzzzzz

O que é isso, pessoal?

Paulo Moreira (Advogado Autônomo - Civil)

Foi extremamente desapontador constatar que muitos comentaristas ''perderam a linha e também a pipa'' nessa coluna quando lançaram mão de xingamentos e discursos de ódio. E o mais triste é que, de alguns comentaristas mais habituais, eu jamais esperaria práticas assim.

Portanto, vamos aproveitar o fim de semana que se aproxima para ''esfriarmos as nossas cabeças''.

Prezado Maxuel Moura (2)

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

(continuação)
Eu não defendo ditaduras, nem os militares brasileiros defendem. O que ocorre é que está diante de nossos olhos e bem perto de nós (Venezuela, Bolívia e Cuba) o que é uma ditadura comunista. A História nos mostrou o que foi e é o comunismo na Rússia e China. Não se engane com a "embalagem" deles.
Ninguém quer a guerra, mas se for necessário, vamos lutar.
Muitas vezes, temos que escolher entre o menos pior.
Papai Noel não existe.

Comentar

Comentários encerrados em 20/07/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.