Consultor Jurídico

Comentários de leitores

133 comentários

Alexandre...

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Estamos todos no novo Senso Incomum. Poucos leem Sensos já passados.

Metadistopia (2)

Afonso de Souza (Outros)

A partir dessa, digamos, interpretação alternativa para o estranho texto, o tal NSTF seria composto, basicamente, por juízes prestativos como aquele plantonista do TRF-4. Juristas, artistas e intelectuais também cairiam bem nessa nova Suprema Corte, desde que denunciassem os tais agentes norte-americanos e/ou assinassem os manifestos da vez. Continuaria havendo, claro, aquele pessoal que, durante as sessões, puxa as cadeiras para Suas Excelências - não se enganem, como a realidade objetiva não cansa de mostrar, os socialistas de bistrô não dispensam luxos e mordomias. Esses assistentes poderiam ser alguns dos áulicos mal-educados que povoam esta coluna, sempre dispostos a ofender os discordantes (estes, ironicamente, seriam “haters”) e a defender incondicionalmente - como é típico das espécies que rastejam - o “amado mestre”, soterrando-o com uma bajulação caricata, tão vazia quanto cafona. Acho então que 21 cadeiras seria pouco...

Metadistopia (1)

Afonso de Souza (Outros)

“(...) muitas vezes, as distopias são utilizadas como um recurso pelo qual aquele que o concebe transmite uma espécie de aviso aos seus interlocutores”.

Mas... o trecho acima pode ser lido em outro plano, levando junto a ideia do artigo como um todo! Explico: ao conceber uma distopia assim, o colunista na verdade estaria tentando nos alertar para um cenário assado, que seria diametralmente (na visão dele) oposto ao ‘assim’. Imaginem então um mundo onde um famoso, acessado, ranqueado, publicado, premiado e lido – na sequência para agradar aos áulicos - jurista escreva, à sério (embora tentando disfarçar, na forma e no estilo, essa seriedade), um texto como este que estamos comentando; depois juntem a isso o fato de o texto ser destinado a um prestigioso site jurídico; e considerem ainda a quantidade de pessoas que torcem, retorcem e distorcem a linguagem, quando não os próprios fatos aos quais ela se aplica, para defender (aqui, ali e acolá) o indefensável. Nesse contexto, vale também “desconstruir” os “fascistas”, colocando-os, por exemplo, de tanga numa praia em Portugal ou como agentes norte-americanos interessados no nosso petróleo. (continua)

Pernilongo burro: os acessos estão no ranking

Ulysses (Professor Universitário)

Pernilongo, que já é antigo aqui, trocando de apelido (antes era o pantagruel), além de chato (porque Pernilongo) é burro. Como eu sei o numero de acessos? Veja o conjur (sabe o que é conjur?) e veja a coluna do Felipe Luchete que se chama Destaques-Ranking da semana. Esse penalonga....quer dizer perna longa. Como eu sei do academia.edu? E do google schoolar? Bom, isso é para academicos. Sou professor, não esquece, Perna.

Affffff

Pernilongo dos Infernos (Outros)

O desagradável Observador acha que é capaz de me irritar! Ele só é capaz de me causar enfado! E ainda procura desviar o foco de nosso atrito. Não, desagradável! O que gerou o atrito foi o modo como procurou desqualificar o debate em torno de nomes dos mais relevantes PARA O DIREITO (Gadamer, Habermas, Dworkin, etc), dizendo que isso era coisa de quem quer aparecer. Não procure desviar o assunto, como quem diz "não sei como isso começou"! Há pessoas que nos tiram a graça de viver, Observador consegue nos tirar o prazer de tratar de temas importantes para nós, operadores do Direito, embora irrelevantes para um piloto de teco-teco! Como é desagradável esse Observador!

Pernilongo

Observador.. (Economista)

O interessante de tudo isso, senhor Pernilongo, é ver como algumas pessoas acham que o mundo gira em torno delas.
Não sei como o Prof. Pontes tem acesso a tantos detalhes, incluindo a quantidade de acessos aqui no CONJUR.
E não sei porque o tal sucesso de um, significa o "ninguém" do outro.No caso a Dra. Rejane seria uma "ninguém".
Não consigo ver a vida assim.
O senhor que falou em dialética, deve gostar também de lógica. E não há lógica na premissa (que não foi sua) do Professor Pontes.

Quanto ao senhor, preciso confessar uma coisa. Apesar de me divertir com suas ofensas, preciso dizer que o senhor se sentiu ofendido por mim por engano, no início, acho que há umas duas publicações do Professor Streck atrás.
Não havia feito a conexão entre seu novo nick (acho que Antilênio) e o seu antigo (Sanchopança) .
Quem o fez foi outra pessoa.Não lembro quem.
Eu até havia concordado com o que o senhor tinha escrito ....veja que coisa!
Pois é assim. Aprendo muito com o que leio, mesmo quando discordo.Não sou Professor e não quero ensinar nada a alguém aqui.
Tenho meu modo de pensar.
Quando o irritei, escrevi algo em termos genéricos que o senhor tomou para si, como ofensa pessoal, apesar de não estar me referindo ao senhor ou ao seu escrito.
Mas a vida é assim.
Tem gente que acha que tudo gira em torno dela.
Se faz sucesso, então, tem uns que até perdem o senso de realidade, mesmo continuando com o senso incomum.
Eu gosto do Professor Lenio.Dispenso reciprocidade.
Mas certos exageros por parte da platéia, não só a dele mas qualquer platéia , não consigo conceber como saudável ou natural.
São só....exageros.

Saudações e até a próxima contenda.

O Dr. Lenio ainda não respondeu, então, professor ?

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Por que uma pessoa tão bem sucedida, com tantos títulos acadêmicos, com tantos prêmios, com tantos livros publicados, sente tanta necessidade de depreciar outros professores com títulos acadêmicos e prêmios e livros "best-seller", outros jornalistas de grande respeito e credibilidade, outras lideranças legítimas e comentaristas do Conjur ?

Pontes de Reale, vai encarar ?

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Você me xingou de "burra", "reacionária", "advogada fracassada", "símbolo do looser", "gentalha" que "arreganha bobagens todas as semanas" e rejane "quem".
rejane "quem" sempre se apresentou com seu nome e sobrenome e profissão definida.
E você, "Pontes de Reale", só é macho para ofender escondido atrás de um pseudônimo ou vai assinar o seu comentário. Tire a máscara !

Pontes...

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Quem garante que os 100.000 acessos foram por causa do texto de Lênio? E se 99.000 acessaram só para verem Observador tratando dos problemas do país aqui na Conjur?

Cuidado, Rejane!

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Muito cuidado com os coices! Comentando aqui, nunca sabemos quando virá o próximo coice. Mas o pior não é o Pontes, eu até gosto de jumentinhos. Pior mesmo é o desagradável Observador. Se ele vivesse na Atenas de Platão, jamais teríamos dialética alguma! Ele iria "cortar" Platão, debatendo "a situação do país". Quanto patriotismo tem esse Observador!

Tem tempo, sim senhor, não deveria,mas usa o tempo para isso

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

O professor já escreveu colunas somente para criticar os comentários de colunas anteriores, inclusive utilizando termos dos comentaristas de modo a identificá-los. Saiba que se há "patrulhamento" "à esquerda" também há a eterna vigilância "à direita". Pronto, desenhei.

Kkkkkkk

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Pontes foi aluno de Lênio? Lênio, pule da ponte!

Quisera eu, Rejane!

Ulysses (Professor Universitário)

O professor deve ter “muito tempo” para ler as besteiras de Rejane e cia. Imagino a cena: o professor irritado com Rejane “quem “escrevendo aqui. Cara: essa tarefa é minha. Sou fã e ex aluno! Tenho de defender o mestre dos predadores! Principalmente dos predadores burros. Os burros ativos sempre são os mais perigosos. Pronto: desenhei.

Rejane...

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Minha solidariedade! Só aqui mesmo o número de acessos é prova de sucesso! Lênio sem dúvida é uma referência obrigatória em teoria jurídica, mas não por causa dos números do Senso Incomum! Isto aqui foi pura jogada de marketing. É bacalhau do Chacrinha mesmo! Voltei só pra me solidarizar, já estou retornando ao hospício.

Pontes de Reale (Profssor Universitário)

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Eu poderia achar que quem escreveu esse comentário foi o próprio. Seja como for, choveu no molhado. Por que uma pessoa assim tão bem sucedida, precisa disparar "patadas" contra todos e ainda fazer a relação de seus livros e prêmios e até do"bingo"?

Para os tolos, Streck fez mais de 100 mil acessos!

Ulysses (Professor Universitário)

Aviso aos tolos e aos néscios, o que dá no mesmo. Rosane guimarães (quem?), que deve ser uma advogada fracassada, fica arreganhando bobagens todas as semanas. Ela é o simbolo do looser. Burrice até vai, mas reacionarismo dessa espécie é dureza. O professor Streck, um dos autores mais lidos conforme ranking da academia.edu e google schoolar (e do Conjur), fez esta semana mais de 100 mil acessos, conforme o ranking do Conjur. Pobre gente desesperada e invejosa. Dói ter que aguentar o sucesso alheio. Dói ter que ver os Comentarios a Constituição de Streck, Canotilho, Mendes e Sarlet, premio Jabuti 2013, agora reeditado. Dói ver os novo livro do professor pela Gen 30 julgamenros em 30 anos - uma radiografia do STF. Tudo isso deve doer nessa gente. Professor Streck, não dê bola para a gentalha. Use o fator Kiko, amigo do Chaves. Ou assopre a fumaça do seu charuto na cabeça deles, como fazia o glorioso professor Girafales. Como diz o professor Streck, bingo.

Chesterton

Belotto de Albuquerque (Outro)

Chesterton já dizia: Louco não é quem perde razão, louco é quem perde tudo, menos a razão.

O articulista já havia perdido o fio da meada há um bom tempo, claramente cego na sua própria ideologia.

Agora faz uma coluna dessas, com o fígado, com o intuito de atacar.

Saiu das auto-citações patéticas que fazia, dos argumetnos de apelo a autoridade, da distorção dos números para o puro simples ataque cego aos que discordam dele. Postura autoritária daquele que diz defender a democracia.

E eu achando que depois dos ataques cegos e carentes de argumentos ao Waack por defender a reforma trabalhista o nível não poderia cair mais, me enganei.

Uma pergunta para o professor Lenio

Rejane Guimarães Amarante (Advogado Autônomo - Criminal)

Por que uma pessoa que tem tantos títulos acadêmicos, prêmios, fama, sente tanta necessidade de depreciar os outros ?

Ele Está Certo!

Pernilongo dos Infernos (Outros)

Observador tem razão: só mesmo um louco perderia tempo discutindo com alguém que "se preocupa com os problemas do Brasil" jogando conversa fora aqui na Conjur. Ele tem toda a razão! Querem saber? Manicômio, abra as portas, aí vou eu! Fui!

Os canalhas

Observador.. (Economista)

São sempre assim.
Atacam, atacam, agridem, ofendem e jogam para os outros, sentimentos que os definem.
Lamentável.
Um ofensor dos teclados, que deve ter problemas psicológicos diversos, e que não se cansa de vituperar seus impropérios pelo mundo virtual.
Deveria se tratar, mas está aqui, perdendo seu tempo com aqueles que não conhece mas odeia.

Comentar

Comentários encerrados em 20/07/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.