Consultor Jurídico

Notícias

Só palavras

Não há provas de tentativa de compra de silêncio de Cerveró, decide juiz

Comentários de leitores

4 comentários

Não foi bem assim.

Geraldo Gomes (Administrador)

Juiz diz que não houve provas concretas; e a fita gravada?
Depois porque foi baseada em delação; mas o delator não delatou a ele próprio?
Velho filme "Todos os amigos do presidente".

Parabéns!

Matheus Brito (Outros)

Quando se parabeniza quem de fato cumpre a lei e faz justiça, é porquê a coisa não tá boa não.

''Ainda há juízes em Berlim!''

Então era "fake news"?

olhovivo (Outros)

Estamos na era do espetáculo, em que mera investigação com base em delação é tida como verdade pela galera ignara, informada por jornalistas investigativos da grande imprensa, que por sua vez são instigados pelos acusadores ávidos por virar celebridade. Mais um fake news engana trouxas para os anais do "belo" jornalismo.

Delação regra falível

Barros, advogado (Advogado Assalariado - Civil)

Pela delação de Delcídio Andre Esteves foi preso pela polícia federal, fato amplamente noticiado pela rede globo (ao vivo) e outros meios de comunicação. Foi humilhado, teve que renunciar a presidência de um Banco, etc.
O banco que presidia teve suas ações cotadas na bolsa de valores uma vertiginosa queda, causando grande prejuízo financeiro ao preso e demais acionistas do referido banco.
LULA também quase foi preso, sofreu enorme desgaste na imagem, etc.
Mas o Delcídio foi solto pela "delação premiada", e continua solto !

Comentar

Comentários encerrados em 20/07/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.