Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Regalias para Cabral

Secretário de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro é afastado do cargo

O secretário de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro, Erir Ribeiro Costa Filho, foi afastado do cargo pelo juízo da 7ª Vara de Fazenda Pública. A decisão também vale para outros cinco gestores do sistema prisional fluminense.

Os seis são acusados pelo Ministério Público do RJ de oferecerem tratamento diferenciado e regalias ao ex-governador Sérgio Cabral durante o período em que ele esteve detido no estado — Cabral foi transferido nesta quinta-feira (18/1) para Curitiba.

Os cinco gestores afastados são Sauler Antonio Sakalen, subsecretário adjunto de Gestão Operacional da Secretaria de Administração Penitenciária; Alex Lima de Carvalho, diretor da Penitenciária Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu VIII); Fernando Lima de Farias, subdiretor de Bangu VIII; Fabio Ferraz Sodré, diretor da Cadeia Pública José Frederico Marques; e Nilton Cesar Vieira da Silva, subdiretor da Cadeia Pública.

O magistrado também justificou o afastamento citando que nenhuma medida foi tomada após o favorecimento ter sido divulgado. “Mesmo após descobertas as regalias ilícitas proporcionadas ao requerido Sérgio de Oliveira Cabral Santos Filho e demais condenados e internos oriundos das investigações e dos processos criminais da denominada Operação Lavajato, as benesses continuaram”, frisou o juiz. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-RJ.

Processo 0010991-03.2018.8.19.0001

Revista Consultor Jurídico, 19 de janeiro de 2018, 18h36

Comentários de leitores

1 comentário

Secretário afalado

6345 (Advogado Autônomo)

Mas como demorou!

Comentários encerrados em 27/01/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.