Consultor Jurídico

Artigos

Opinião

Governo criou factoide sobre a reforma da Previdência

Comentários de leitores

4 comentários

Iludido Advogado autônomo

Iludido (Advogado Autônomo - Civil)

Jamais um ser humano consciente deve se apresentar diretamente como possuidor de mais de 65 anos. (final de tudo). Muito menos falar que é aposentado com um salário (m)ínimo (SMorte) Se ninguém gosta de pobre, imagina gostar de um sujeito que ganha menos que a sobrevida. O que tem de proveitoso! Fazer o quê para alguém! Como deve viver! Foi dito, um salário morte de 1000 reais. Outro, e você sabe bem disso, já ganha a parte que seria dele pelo menos no que informa o DIEESE sobre o mínimo para sobreviver, Então, xô mulambo! O governo deveria aproveitar essa onda e fazer um controle de acomodação humana pois, não faltarão muitas, mas muitas opiniões favoráveis. É chegada a hora de um brasil novo. O sus já cansado, DE IMEDIATO JÁ ANTECIPA SEUS AGRADECIMENTOS.

Me parece simples...

Joe Tadashi Montenegro Satow (Delegado de Polícia Federal)

Me parece , por óbvio, que há injustiça na reforma e é muito simples constatar. Vamos aos números: Se FULANO de tal começa a trabalhar aos 20 anos de idade e se aposenta aos 65, ele contribuiu por 45 anos. Quanto é a vida média do brasileiro? 77 anos? Pois bem, ele contribuiu 45 anos e usufruirá durante 12 anos. Pergunta: quem vai comer os 33 anos? O TEMER que se aposentou aos 55? O FHC, que se aposentou aos 49? Ou o LULA que se aposentou aos 38 anos?

Reforma improvisada proposta por governo sem credibilidade

DAGOBERTO LOUREIRO - ADVOGADO E PROFESSOR (Advogado Autônomo)

A extrema direita é especializada em retirar direitos e garantir todos os seus privilégios. Vejam, por exemplo, os bancos, que cobram juros de 15% ao mês, coisa de 600% ao ano no cartão de crédito, não pagam impostos e também não são fiscalizados. O órgão que deveria fiscalizá-los, o Banco Central, é dirigido por um banqueiro. Durante os trabalhos da Constituinte de 1988, o deputado Fernando Gasparian dizia que era necessário estatizar o Banco Central, pois sempre esteve sob o controle direto da perigosa turma da área das finanças.
Então, em períodos críticos, o foco é desviado para cima dos trabalhadores, que não são tão articulados e não tem quem defenda os seus interesses. Esse desvio de foco tira os banqueiros da berlinda e bota o bode no meio da sala, instalando tumulto e agitação, que o pessoal pensará que foram resolvidos quando o bode for removido.
No caso da reforma previdenciária, alegam que se trata de salvar o País, que se as mudanças não forem feitas faltará ar para respirar, que vai faltar água para todos, que não haverá dinheiro para pagar salários e aposentadorias. Portanto, senhores, eis ai um projeto para nos salvar: Temer e sua quadrilha, ele o rei do Porto de Santos, que nunca fez nada na vida em benefício de quem quer que seja, querem salvar o Brasil. Acredite se quiser!
É preciso ficar alerta e ter cuidado, muito cuidado com essa gente torpe e despudorada.
Os nossos problemas só serão resolvidos quando a roubalheira for estancada e os seus responsáveis forem retirados de circulação. Reforma como essa, pode e deverá ser feita por gente séria e respeitável, por governantes eleitos, com mandato e credibilidade para fazer o que for necessário.

Excelente

O IDEÓLOGO (Outros)

O artigo foi escrito por quem entende do sistema previdenciário.
Excelente.

Comentar

Comentários encerrados em 13/01/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.