Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Arquivos distintos

Juiz manda apreender computadores usados em eleição do Corinthians

O juiz Ulisses Augusto Pascolati Junior, do Juizado Especial Criminal, determinou a busca e apreensão dos computadores utilizados na apuração dos resultados da eleição para a diretoria do Corinthians, promovida em 3 de fevereiro.

Andrés Sanchez foi anunciado como vencedor, mas uma das chapas rivais pediu abertura de inquérito alegando que o programa de computador responsável por gravar os votos não foi o mesmo auditado antes do início da eleição pelos auditores presentes. O candidato Paulo Garcia disse ainda que, após o pleito, surgiram quatro arquivos no servidor que não existiam na véspera.

Para Pascolati Junior, “os indícios da materialidade se verificam diante da disparidade entre os códigos gerados pelos arquivos essenciais à realização da eleição”.

Ele declarou que “as afirmações expostas no pedido inicial são extremamente graves, ainda mais porque envolvem um dos maiores clubes do Brasil e que, por isso mesmo, não pode haver dúvidas sobre a lisura de seu pleito eleitoral”. A decisão foi assinada na sexta-feira (9/2), mas estava em segredo de Justiça. Com informações da Assessoria de Imprensa do TJ-SP.

Clique aqui para ler a decisão.
0010418-172018.8.26.0050

Revista Consultor Jurídico, 14 de fevereiro de 2018, 18h30

Comentários de leitores

1 comentário

Vai curinthia !

Francisco Lobo da Costa Ruiz - advocacia criminal (Advogado Autônomo - Criminal)

Como corinthiano venho lançar meu protesto pelo motivo que gerou a ordem judicial. Se verdade, cartolas do futebol ingressaram no banditismo (o que não é novidade alguma). O caso merece apuração séria, doa a quem doer, lembrando que parte dos conselheiros da agremiação são da magistratura, promotoria, polícia civil e de outros órgãos do funcionalismo. CPI já e disponibilização de numeral para apresentação de denuncias anônimas.

Ver todos comentáriosComentar