Consultor Jurídico

Notícias

Anos de chumbo

Advogado de presos políticos, Técio Lins e Silva comenta 50 anos do AI-5 na TV

O criminalista Técio Lins e Silva comentará o Ato Institucional 5 nesta quinta-feira (13/12), aniversário de 50 anos da sua edição, no programa de Miriam Leitão, na GloboNews.

Tio de Técio, Evandro Lins e Silva foi cassado pela ditadura militar.

Lins e Silva defendeu diversos presos políticos nos anos de chumbo. Em entrevista à ConJur em 2017, o criminalista contou que chegou a ser tachado de subversivo pelos militares.

“Advoguei para presos políticos na ditadura militar, passei a vida inteira nas auditorias militares visitando presos, lutando pela liberdade dos presos políticos, dos inimigos do governo. Na minha ficha no Departamento de Ordem Política e Social (Dops), tinha um documento considerado subversivo: um roteiro de aula sobre a pena privativa de liberdade”.

O tio dele, Evandro Lins e Silva, foi ministro do Supremo Tribunal Federal. Porém, sua carreira foi abruptamente interrompida quando foi aposentado à força pela ditadura militar em decorrência do AI-5.

O programa de Miriam Leitão sobre o AI-5 será transmitido a partir das 21h30 na GloboNews.

Revista Consultor Jurídico, 13 de dezembro de 2018, 15h37

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 21/12/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.