Consultor Jurídico

Defesa do trabalhador

Jorge Luiz Souto Maior é promovido a desembargador do TRT da 15ª Região

O juiz Jorge Luiz Souto Maior é o mais novo integrante do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região (Campinas-SP). A posse ocorreu nesta quinta-feira (16/8), mesmo dia em que sua promoção, por antiguidade, foi publicada no Diário Oficial da União. Ele assume vaga aberta com a aposentadoria do desembargador Carlos Augusto Escanfella. 

Souto Maior ganhou fama como um dos ativistas mais rigorosos na defesa dos trabalhadores.
Willians Fausto

Formado pela Faculdade de Direito do Sul de Minas, possui mestrado, doutorado e livre-docência pela Universidade de São Paulo, onde leciona desde 2002. Juiz do Trabalho desde 1993, atuou em Marília, Araraquara, Itu e Jundiaí. Foi nesta última comarca que Souto Maior ganhou fama como um dos ativistas mais rigorosos na defesa dos trabalhadores. 

Na cerimônia de posse, o novo desembargador fez um breve pronunciamento, ressaltando a importância dos familiares e amigos, dos colegas e dos servidores em sua carreira. "Não é irrelevante, insignificante ou pouco importante para mim este momento, que me toca profundamente. Estou muito feliz, orgulhoso e honrado. Sem dúvida é uma grande honra fazer parte deste tribunal e desta instituição tão indevidamente maltratada que é a Justiça do Trabalho. Tenham claro isso", sublinhou.

Para a presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 15ª Região (Amatra XV), juíza Patrícia Maeda, a promoção de Souto Maior serve de exemplo. "Sua posse hoje inspira muitos que se enxergam como idealistas. Que esta nova fase de sua vida profissional seja apenas uma continuidade de sua carreira marcada pela coragem, pela retidão e, sobretudo, pela paixão pelo Direito do Trabalho, por sua história e potencialidade". Com informações da Assessoria de Imprensa do TRT-15.

Topo da página

Revista Consultor Jurídico, 17 de agosto de 2018, 11h36

Comentários de leitores

2 comentários

Marxista

C.C.B. (Advogado Associado a Escritório - Tributária)

marxista

Desembargador jorge luiz

O IDEÓLOGO (Cartorário)

Jorge Luiz Souto Maior (Belo Horizonte, 1964) é um jurista e professor livre docente de direito do trabalho brasileiro na USP, Brasil desde 2001. É juiz titular na 3ª Vara do Trabalho de Jundiaí desde 1998, palestrante e conferencista.
Formado na Faculdade de Direito do Sul de Minas - FDSM, especializou-se em direito em 1987 pela mesma faculdade, e pela USP, em 1990. Mestre em Direito pela USP com a dissertação "Requisitos da petição inicial nos dissídios individuais trabalhistas" em 1995 e Doutor em Direito pela mesma Universidade de São Paulo com a tese "Procedimento oral, um pressuposto da efetividade do processo trabalhista" em 1997 e pela Universite de Paris II, UP II, França com a tese "Modes de Règlement des Conflits Individuels du Travail", em 2001. Além disso, é livre-docente pela Universidade de São Paulo (USP) com a tese "O direito do trabalho como instrumento de justiça social", de 1999.
Tanto como professor quanto como magistrado, Jorge Luiz Souto Maior tem buscado enfatizar o caráter humanista do direito do trabalho. É um adversário ferrenho da tendência flexibilizadora da legislação trabalhista, bem como da terceirização da mão de obra assalariada.
A atuação de Souto Maior foi objeto de uma reportagem da Revista Exame, na qual foi apresentado como "Juiz Robin Hood".A reportagem sustenta que sua polêmica atuação enquanto magistrado beneficiaria alguns trabalhadores em detrimento de milhões de outros. A abordagem nestes termos efetuada, gerou uma refutação conjunta da ANAMATRA (Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho) e da AMATRA XV (Associação de Magistrados do Trabalho da 15ª Região) (https://pt.wikipedia.org/wiki/Jorge_Luiz_Souto_Maior).

Comentários encerrados em 25/08/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.