Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Desvios de verbas

Fachin pauta para 15 de maio primeiro julgamento de mérito da "lava jato"

O ministro Luiz Edson Fachin, presidente da 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal, pautou o julgamento do mérito da primeira ação penal da operação “lava jato” para o dia 15 de maio. O revisor, ministro Celso de Mello, havia liberado o processo para julgamento na segunda-feira (25/4).

Carlos Humberto/SCO/STFFachin é relator da "lava jato" no STF. Primeiro réu a ser julgado será o deputado Nelson Meurer

A ação é sobre a denúncia de que o deputado Nelson Meurer (PP-PR) recebeu R$ 357 milhões oriundos de contratos superfaturados da Petrobras. Segundo a PGR, que no dia 11 de abril cobrou prioridade no julgamento, o dinheiro foi repassado pelo doleiro Alberto Youssef e parte dele retornou ao ex-diretor de serviços da Petrobras Paulo Roberto Costa.

De acordo com a denúncia, Meurer fazia parte de um esquema de arrecadação de dinheiro para o PP e seus integrantes e repassava parte da verba a Paulo Roberto Costa. Em contrapartida, o executivo beneficiava o partido com a assinatura de contratos superfaturados da Petrobras. 

O deputado é defendido pelo escritório do advogado Michel Saliba e é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

A ação de Meurer foi liberada para julgamento na última segunda-feira (23/04), pelo ministro revisor Celso de Mello. Até agora, o STF não julgou nenhum réu, apenas recebeu  denúncias da investigação.

Revista Consultor Jurídico, 25 de abril de 2018, 17h38

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 03/05/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.