Consultor Jurídico

Notícias

Cobrança diferenciada

Para atender startups, escritórios flexibilizam honorários e assumem riscos

Comentários de leitores

5 comentários

Propaganda explícita

Adv Emp Colab (Advogado Associado a Escritório - Empresarial)

Alguns dos colegas comentaram que o texto é uma propaganda disfarçada feita pelo Conjur. Discordo. Acho que a propaganda é explícita. Este artigo é uma violência ao Estatuto de Ética da Advocacia, não pelo trabalho desempenhado pelos escritórios mencionados, mas pela forma que esse trabalho se tornou público. Lamentável.

Robson Zanetti (Advogado Assalariado - Empresarial)

Eduardo. Adv. (Advogado Autônomo)

Correto,
Divulgando plano? Ao que parece, o TED/OAB vetou tal possibilidade.
Nada há de inovador. Apenas se renovam tentativas predatórias de mercado. Qualquer ambulante que vende espetinho sabe quão perniciosas são certas práticas. Já os advogados...

Propaganda disfarçada

Robson Zanetti (Advogado Assalariado - Empresarial)

CONJUR fazendo propaganda disfarçada

Nome chique!

Eduardo. Adv. (Advogado Autônomo)

As tais startups, data vênia, são nada mais nada menos do que as empresas informais que há tempos surgem no "velho mercado". Ambos os segmentos apostam na iniciativa. A diferença é que os criadores de startups, grande parte, nasceram ou cresceram na era da internet e já encontraram um "mundo em que tudo é de graça", apesar de seus criadores terem, sim, em expressiva parcela dos casos, condições financeiras de custear serviço alheio. Mas como na internet, hoje, se acha qualquer serviço que não exija confiança de forma gratuita... Com os "empreendedores clássicos" não foi assim e no caso dos últimos o empreendimento decorreu de necessidade econômica.
O que as startups estão fazendo agora é o que já ocorre no mundo da "advocacia para pobre": assumir a causa e receber no resultado. A diferença é que os empreendedores - há casos e casos - são bem remediados financeiramente. Podem custear um serviço, mas... Na era da internet...
A diferença brutal: as startups não pensam duas vezes em cobrar por uma aplicação já existente transferida para um app (reinventam a roda?!), mas exigem dos demais uma atuação "colaborativa".

Advogado

O IDEÓLOGO (Outros)

O advogado devolvendo os honorários na situação de o cliente não ter sucesso em processo judicial ou administrativo.

Comentar

Comentários encerrados em 22/04/2018.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.