Consultor Jurídico

Comentários de leitores

5 comentários

Hipocrisia

Silva Cidadão (Outros)

De que adianta prender esses vagabundos agora, sabendo que, com toda prova delituosa, inclusive a afronta às instituições brasileiras, a qualquer momento eles poderão ser soltos por aquele MINISTRO DO STF, é só contatá-lo. A maior pena e mais justa, para um corrupto ou alguém que tenha se enriquecido, de forma fraudulenta com dinheiro público, seria o SEQUESTRO TOTAL DOS VALORES DESVIADOS, e liberá-los a medida que os beneficiários fossem fazendo prova de sua legalidade.

Declaro aberta a bolsa de apostas

hammer eduardo (Consultor)

Daria para escrever "um monte" em cima do assunto mas considerando-se o atual estado de bandalha reinante em todos os niveis , abro a bolsa de apostas no Conjur tentando adivinhar QUANDO o "Chacrinha" do STF vai conceder o habeas corpus livrando da cadeia o jeca falastrao de bolso fundo.

Nao se iludam , o Brasil acabou e o melhor seria entregar logo a Presidencia para o luzidio empresario paulista Sergio Marone dono do Bahamas e profundo conhecedor do que significa a palavra ZONA.

Corrigindo

Observador.. (Economista)

DesdE ...

Abaixo

Chocante

Observador.. (Economista)

O que fazem com o país.
Parece realmente que alguns pensam que a nação é só de idiotas.
Como alguém achava que o final de uma história estapafúrdia, desdo o "marco zero", não teria um destino rocambolesco?
E a medida não atingiu a todos por que?
Até quando será feito assim?

Pobre povo brasileiro.
Desiludido e com a moral lá embaixo.

Piorando cada vez mais

Marcos Alves Pintar (Advogado Autônomo - Previdenciária)

Infelizmente mais uma medida populista, procurando contornar o imenso descrédito do Supremo e do MPF com a funesta e fracassada tentativa de derrubar a Presidência da República através da suposta "delação" toda baseada em factóides. E, como seria de se esperar, a medida agrava ainda mais a crise que já passou do fundo do poço faz tempo.

Comentar

Comentários encerrados em 18/09/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.