Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Caso Gerdau

Justiça Federal aceita denúncia contra 14 pessoas na zelotes

A Justiça Federal aceitou denúncia do Ministério Público Federal contra 14 pessoas por suposta compra de decisões pela Gerdau no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf). A decisão é do juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara de Brasília. A empresa é acusada de ter atuado no Carf para evitar o pagamento de multas que chegam a R$ 1,5 bilhão.

O magistrado aceitou a denúncia argumentando que foram demonstradas “até agora a plausibilidade das alegações” e os “fatos tidos por criminosos e as descrições das condutas em correspondência aos documentos” que estão em inquérito policial e processos administrativos que tramitaram no Carf.

Entre os denunciados estão três ex-executivos da Gerdau. São eles Expedito Luz, ex-diretor jurídico da empresa; Raul Fernando Schneider, ex-consultor de contabilidade da companhia; e o advogado Amador Outerelo Fernandez, que representou a siderúrgica por 25 anos.

Além dos ex-empregados da siderúrgica, foram denunciados os ex-conselheiros do Carf José Ricardo da Silva, Edison Pereira Rodrigues, Dorival Padovan, Paulo Roberto Cortez, Valmir Sandri e Valmar Fonseca de Menezes. Também estão na denúncia recebida pela Justiça Federal o consultor João Batista Grunginski, o advogado Bruno Padovan e os empresários Silvio Guatura Romão e Ezequiel Antônio Cavallari.

Clique aqui para ler a denúncia.

Revista Consultor Jurídico, 31 de outubro de 2017, 19h32

Comentários de leitores

0 comentários

Comentários encerrados em 08/11/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.