Consultor Jurídico

Notícias

Você leu 1 de 5 notícias liberadas no mês.
Faça seu CADASTRO GRATUITO e tenha acesso ilimitado.

Direitos humanos

Organizador de evento criticado por advogados, Sayeg nega fazer demagogia

Organizador do evento sobre "direitos humanos do povo contra a corrupção", chamado de demagógico por advogados, o criminalista Ricardo Sayeg diz que se trata apenas de uma visão moderna sobre o tema. “Nós trabalhamos com direitos humanos das vítimas”, explica.

“A corrupção não mata no varejo, mata no atacado, com falta de remédios, de merenda e de transporte público”, afirma o advogado e professor da PUC-SP, que nega estar fazendo demagogia.

O evento, organizado pelo Instituto dos Advogados de São Paulo, foi atacado por 100 advogados, em carta assinada por nomes como Celso Antonio Bandeira de Mello, Alberto Toron, Lenio Streck, Eugênio Aragão, José Eduardo Martins Cardozo, Pedro Serrano e Geraldo Prado.

Sayeg, que convidou para o debate o general do Exército Sérgio Etchegoyen, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Brasil, diz que ficou honrado com o fato de a reunião organizada por ele ter se tornado objeto de abaixo-assinado. Isso, afirma, revela o impacto nacional de sua gestão à frente da Comissão de Direitos Humanos do Iasp.

Ele ainda convida um dos signatários da crítica, o jurista Celso Antônio Bandeira de Mello, para participar do debate.

Leia a reposta enviada por Sayeg à ConJur:

Muito me honra a Reunião Aberta da Comissão de Estudos de Direitos Humanos do IASP sobre a temática "A Defesa dos Direitos Humanos Coletivos do Povo contra a Corrupção" com a participação dos Excelentíssimos Senhores, Desembargador Presidente do Colendo Tribunal Regional Federal da 4a Região, jurisdição da "Operação Lava Jato", e o Ministro de Estado - Chefe do Gabinete de Segurança Institucional do Brasil, ter sido objeto de abaixo assinado de oposição, que está a refletir a dialética republicana. A uma, pelo fato dos respeitáveis colegas signatários se debruçarem sobre as iniciativas da Comissão de Direitos Humanos por mim presidida, revelando sua enorme importância e impacto nacional em minha gestão. A duas, pelo fato do Prof Dr. Celso Antônio Bandeira de Mello respaldar a iniciativa e se esforçar ao reunir 100 amigos para tentar inibir a reunião.

Todavia, com todo respeito, este não é o procedimento no meio jurídico e também acadêmico. O protocolo recomenda o debate democrático. Portanto, em tom amistoso, científico e cordial, convido o Prof Dr. Celso Antônio para um debate de ideias e posições. Por oportuno, consigo minha profunda admiração e respeito ao notável professor. Será mais uma reunião memorável.

Rogo a Deus que ele aceite e o debate aconteça para que sirva de inspiração aos nossos jovens, futuras gerações da família jurídica.

Prof Livre Docente Dr. Ricardo Sayeg".

Revista Consultor Jurídico, 5 de outubro de 2017, 19h41

Comentários de leitores

2 comentários

Ricardo Sayeg: Advogado Cristão

Jeovah Junior-Ex Pres. OAB AnapolisGO (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Com todo respeito e acatamento aos 100 colegas Advogados, não vislumbrei qualquer ato de demagogia por parte do Professor Ricardo Sayeg. Deixo aqui, uma reflexão ao querido Ricardo, que com toda certeza, como Advogado Cristão, haverá de ser abençoado com o Poderoso SALMO 91 que diz que: "Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti. Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome." JEOVAH JÚNIOR - Ex-presidente da OAB/GO Subseção de Anápolis.

Ricardo Sayeg: Advogado Cristão

Jeovah Junior-Ex Pres. OAB AnapolisGO (Advogado Sócio de Escritório - Civil)

Com todo respeito e acatamento aos 100 ilustres colegas advogados, não consegui vislumbrar qualquer ato demagógico por parte do Professor RICARDO SAYEG. Fica aqui, uma humilde reflexão ao querido Ricardo, que certamente como Advogado Cristão, haverá de ser abençoado na sua árdua luta por uma sociedade mais humana e mais fraterna, espelhando-se do poderoso SALMO 91, que diz: "Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti. Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios. Pisarás o leão e a cobra; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente. Porquanto tão encarecidamente me amou, também eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o meu nome." JEOVAH JÚNIOR - Advogado Ex-Presidente da OAB/GO, Subseção de Anápolis.

Comentários encerrados em 13/10/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.