Consultor Jurídico

Método inovador

TJ-RJ usa sistema bifásico para fixar valor de dano moral e estético

Retornar ao texto

Comentários de leitores

6 comentários

Tudo para nada.

Leopoldo Luz (Advogado Autônomo - Civil)

Enquanto jurisditadores se perdem em teorias, coitados aguardam décadas por decisão que lhes dará uns insignificantes trocados, frente à destruição de sua vida.

Critérios

O IDEÓLOGO (Cartorário)

É o sistema bifásico, os princípios da proporcionalidade e da razoabilidade, o bom senso (que o jurista Lenio Streck refuta de forma genial), o equilíbrio, a mansidão, todos critérios para cálculo do dano moral que visam resguardar, em verdade, o arbítrio dos nossos julgadores.

Notícia

Gilberto C Guarino ()

Queiram desculpar-me, porém, como desembargador do TJRJ, devo ter cerca de 20 votos, todos publicados, aplicando, há anos, o método agora anunciado como grande novidade.
Sugiro a correção da notícia ou pedirei essa correção.
Cordialmente,
Gilberto Campista Guarino

Avaliação dos danos morais

Robson Zanetti (Advogado Assalariado - Empresarial)

Há mais de 10 anos já defendíamos essa inovação, segundo se vê no link : http://www.conteudojuridico.com.br/artigo,como-se-calcula-o-valor-do-dano-moral-e-como-poderia-ser-calculado,26866.html

Avaliação dos danos morais

Robson Zanetti (Advogado Assalariado - Empresarial)

Há mais de 10 anos já defendíamos essa inovação, segundo se vê no link : http://www.conteudojuridico.com.br/artigo,como-se-calcula-o-valor-do-dano-moral-e-como-poderia-ser-calculado,26866.html

Procuro um homem....

cezar rodrigues o estatutario (Bacharel - Administrativa)

O duro é achar um juiz que não ache que foi culpa do autor por estar embriagado

Comentar

Comentários encerrados em 7/12/2017.
A seção de comentários de cada texto é encerrada 7 dias após a data da sua publicação.